Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Esquina do Desencontro

Histórias de Desencontros Ficcionais (ou Não) na Esquina da Vida

A Esquina do Desencontro

Histórias de Desencontros Ficcionais (ou Não) na Esquina da Vida

Tempo de Amar

A música seduz,

Num movimento alterado,

O coração bate forte,

O corpo sente o estar apaixonado.

 

Vibração contagiante,

Nomenclatura eternizada,

Conto vigarizado,

Escândalo ateado.

 

Fuga mordaz,

Num tempo finito,

Numa vassalagem demorada,

Num beijo amado, janela fechada.

 

Amar para sempre,

Nas voltas da vida airada,

Na cadência do corpo desejado,

Na lembrança de um amor apagado.

 

Temperança tórrida,

Num jardim de sentidos presentes,

Num toque abraçado,

Uma loucura acesa, coração despedaçado.

 

Foi outrora o tempo verdadeiro,

O tempo da mentira esquecida,

Do beijo apaixonado,

Do momento fotografado.

 

Nas memórias ocultas,

O tempo de amar ficou.

O formigueiro não abrandou,

O coração, acelerado, pulsou.

 

Um dia o ciclo fecha,

Novo sentir ascenderá,

Novo amar será glorificado,

Novo amor terreno edificado.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub