Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Esquina do Desencontro

Histórias de Desencontros Ficcionais (ou Não) na Esquina da Vida

A Esquina do Desencontro

Histórias de Desencontros Ficcionais (ou Não) na Esquina da Vida

Sentidos Inversos

O banco de jardim esperava,

Uma deixa apagada,

Uma música não tocada,

Um beijo, um abraço numa jogada.

 

Solidão esquecida,

Num sentido, que não o certo,

Numa vaga sem barco,

Numa promessa prometida.

 

O inverso virou certo,

Numa esquina sem cor,

Numa alma contornada,

Num singelo verso sem dor.

 

Os sentidos despertaram,

O banco foi olvidado,

Uma partilha de amor,

Um conto inacabado.

 

A inversão apaziguou,

A alma alvoraçada,

Um corpo pesado,

Uma história trocada.

 

Beijos e abraços,

Sentidos inversos sem retrocesso,

Entrega permitida,

Volátil estar, progresso.

 

A deixa acendeu,

A música cantou,

Os braços entrelaçaram,

As faces tocadas beijaram.

 

Não mais sentidos,

Inversos ou não,

Verdade prometida,

Amor presente, devoção.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub