Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Esquina do Desencontro

Histórias de Desencontros Ficcionais (ou Não) na Esquina da Vida

Patrícia Gaspar: O fogo posto não é muito expressivo face aos comportamentos negligentes

26.07.19 | Cuca Margoux

Patrícia Gaspar está nos quadros da Proteção Civil há 19 anos. Já teve várias funções na estrutura. Agora é 2º Comandante Operacional Nacional. Filha de um contra-almirante, integrou ela própria a Marinha depois de ser ter formado em Relações Internacionais. Foi espia no Serviço de Informações Estratégicas e de Defesa Militar, onde esteve envolvida na autodeterminação de Timor-Leste. Habituada aos bastidores, passou para o foco mediático nos incêndios de 2017, altura em que foi o rosto da Proteção Civil. Uma experiência que “não teve nada de bom”. Mas “houve lições aprendidas”, garante.

ler mais em www.jornaldenegocios.pt