Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Esquina do Desencontro

Histórias de Desencontros Ficcionais (ou Não) na Esquina da Vida

O Tempo das Incertezas ou o Halloween das Bruxas

31.10.17 | Cuca Margoux

Noite de Halloween,

Secretas moratórias no ar,

Outros mundos despertam,

Há magia e mistério a chegar.

 

As incertezas são muitas,

As histórias, seculares,

Forças ocultas renascem,

Outros tempos dão ares.

 

O tempo das incertezas,

Adormece os sentidos,

Fustiga as emoções,

Esconde etéreas razões.

 

As coisas não mudaram,

Os humanos continuam dispersos,

Matam o planeta que os acolheu,

Destroem cenários de beleza repletos.

 

As bruxas choram,

Os humanos não aprendem,

Com erros horríficos,

Com sentenças sem fins pacíficos.

 

Assim, o feitiço é lançado,

Uma vez mais,

Esperança em vão,

Mais tarde, talvez, renovação.

 

Halloween terrestre,

A história intensa cresce,

A memória encarcera a alma,

Os seres de outros mundos esperam, um dia, calma.

 

Perturbações paranormais,

Encantos e desencantos,

Festividade bem escura,

Abraço tempestuoso, bruxedo com candura.

 

O tempo das incertezas regressará,

Todos os anos assusta,

Os humanos que oiçam o coração,

E, quem sabe, vença apenas uma boa ilusão.