Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Esquina do Desencontro

Histórias de Desencontros Ficcionais (ou Não) na Esquina da Vida

A Esquina do Desencontro

Histórias de Desencontros Ficcionais (ou Não) na Esquina da Vida

O Lado Obscuro do Amar - Histórias de 1 Amor Surreal - "Consumir" (Parte II)

Continuamos a tentar ver a luz ao fim do túnel e no finalzinho, bem lá no finalzinho, aparece uma clarividência brilhantemente encenada e uma torrente de ouro empilhado, para nosso deleite e usufruto. Resplandece aos nossos olhos e os diamantes, a girl’s best friends, são suplantados porque estamos ofuscados e sem força para lutar contra o nosso childish dream de fortuna fácil e não de sangue. A caca disto tudo é que continuamos a fazer aquilo que nos ensinaram, consumir. Porque não foges enquanto ainda te é possível fazê-lo? Se calhar, se subires ao topo do Everest e te deixares ir, te possas libertar. Atira-te. Experimenta. Que loucura tão sana. Que sanidade tão louca. Sublime, o descaramento das criaturas terrenas ao ousarem sequer pensar num final feliz, pautado pelo lado bom da vida. Brincadeira de crianças, ruminando tristemente, aqui e ali, clementinas e toranjas de cor azul intempestuosa e fictícia. Como chegaram ao fim da história é uma verdadeira incógnita que desperta lentamente na nossa mente perturbada pelos fantasmas do submundo. Se nos perseguirem, declaramo-nos cansados da viagem insana e inconsequente do consumismo desenfreado do mundo real. Consumir. Amar. Morrer. Para Sempre.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D