Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Esquina do Desencontro

Histórias de Desencontros Ficcionais (ou Não) na Esquina da Vida

A Esquina do Desencontro

Histórias de Desencontros Ficcionais (ou Não) na Esquina da Vida

O Fenómeno Comunicacional Enviesado

O momento suscita apreensão. Mudez sensata para todos aqueles que se envolvem em rixas mediáticas. As palavras e os actos soam bem pior do que o esperado. As notícias cercam os casos evasivos. Há momentos de tensão. Imagens incertas transmitidas em directo. Os alvos escondem-se, afastam-se, fogem. A comunicação enviesada ou alternativa, segundo uma verdade produzida, remete a dúvida casual ou factual para entidades imparciais. O fenómeno é recorrente. Enviesar a comunicação, extrapolar conjugadamente os dados sob secretismo absoluto. O olhar estático, numa surpresa ensurdecedora, desperta os sentidos dos envolvidos. As histórias contadas são realidade ficcional. Ou não. Apurar a verdade dos factos torna-se o imperativo imediato. A controvérsia, a polémica, as variantes factuais são alimentadas pelo ruído destemido do mediatismo comunicacional. O julgamento é feito em praça pública e os direitos e deveres institucionalizados, numa premissa de liberdade prometida, são omitidos e olvidados propositadamente. O despropósito de todo este manancial infinito de subentendidos desentendidos e consequentes, determina um futuro inequivocamente débil e frágil. Aguarda-se o serenar dos acontecimentos e das acções, o empenho da justiça e o encerramento das causas. Espera-se a verdade. Simplesmente a verdade. O que é certo e errado? O que falseia a história sequencial? Testemunhos, recolhas, escutas, termos de identidade, apresentações semanais. A panóplia de medidas extravasa o desentendimento, mas a necessidade de compreensão realista e concreta, concisa e explicativa, é forçosamente opinativa. Assim, os meandros da intrincada teia se concretizam e condicionam as odes em guerra aberta. O que se segue? Uma incógnita. Ou não.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub