Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Esquina do Desencontro

Histórias de Desencontros Ficcionais (ou Não) na Esquina da Vida

A Esquina do Desencontro

Histórias de Desencontros Ficcionais (ou Não) na Esquina da Vida

O Espanto de Sermos Quem Somos

O tempo alvitra o passado,

Numa conjuntura demorada,

Esquecendo os valores,

Princípio vil e razão pesada.

 

Mudamos,

O melhor se foi,

O pior determina a passagem,

Uma vida certinha que sofre viragem.

 

Ser o que somos,

Os outros não querem,

Forçam a emoção maior,

Transformação inesperada pior.

 

Seguimos uma linha,

Fio de premissa,

Continuidade atrasada,

Descanso adiado, vida desalinhada.

 

Espanto permanente,

Decisões surpreendentes,

Rumos diferentes,

Pareceres certos ausentes.

 

O certo e o errado redefinem,

Estados, estares e comportamentos,

A mudança fica,

O ajuste real desperta nos mais inacreditáveis momentos.

 

Aceitamos a mudança,

Andamos sempre,

O caminho continua,

A vida não espera, agora é presente.

 

Deixar fluir,

Uma onda apanhar,

Experiências mil,

Iremos curiosamente desbravar.

 

O espanto de sermos quem somos,

Descoberto a cada passo,

Cada fase nos eleva,

Cada atitude nos revela.

 

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D