Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Esquina do Desencontro

Histórias de Desencontros Ficcionais (ou Não) na Esquina da Vida

A Esquina do Desencontro

Histórias de Desencontros Ficcionais (ou Não) na Esquina da Vida

O Engano de Querer

Estranho entendimento,

De realidades opostas,

De conhecimentos divergentes,

De manobras proveitosas.

 

O que se quer sempre,

Nunca se quer saber,

O que se não quer nunca,

É sempre inevitável de viver.

 

Diabrura de caramelo,

Vagar cansativo,

Engano realmente enganado,

Tonto coração crente olvidado.

 

Querer o que se vê,

Querer o que se ama,

Querer sem querer,

Querer também engana.

 

Espantosa sedução do oculto,

Premeio desaforado na tempestade,

Encanto desgovernado,

Pendência corrosiva, pura ansiedade.

 

O mundo se sente,

Num engano com dor,

Numa apatia melancólica,

Numa nostalgia sem cor.

 

O engano de querer limita,

A mente condiciona a alma,

O coração desfalece,

O corpo sucumbe, emudece e, por fim, esquece.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub