Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Esquina do Desencontro

Histórias de Desencontros Ficcionais (ou Não) na Esquina da Vida

A Esquina do Desencontro

Histórias de Desencontros Ficcionais (ou Não) na Esquina da Vida

O Desconcerto Convidativo

O tempo destemperado que regia as condutas e as liberdades imaginárias de um convénio aprumado, há já demasiada esperança desesperante (linha temporal condicionada), inebriava o manancial probatório animado. A animação contemporânea, contrapondo com o histórico ancestral cognitivo, iludia com tamanho ardil, a subtileza imaterial do espírito decadente vigente. O convite, subentendido, para participar incógnito naquela amálgama de contradições desconjuntadas, subsistia numa premissa velada. Desconcertada provação conivente, que eleva o espírito decadente, numa névoa surreal abrilhantada pelos estigmas convencionais rotineiros. O desconcerto convidativo deste conto sem conto sequencial ou minimamente perceptível, transporta o espírito decadente para uma outra dimensão irreal. O condão dos contos, permite sonhar com o inimaginável e o convite permaneceria enigmático e envolto numa atmosfera ficcional romantizada. Apertos tantos foram descritos, num contexto descontextualizado, numa farsa apartada, numa conexão conseguida, num universo paralelo subestimado. Assim, numa qualquer outra história, a viagem espectral conduziria a uma vivência desmedida e pouco convencional. A verdade, seja dito, constrói-se num patamar demasiado abstracto, porque a realidade desaprova o conhecimento factual e o saber desautorizado. Intuito conjurado, o feliz desfecho trava a retroactividade da nomenclatura estabelecida e do profético evoluir, de nexo dúbio. Parafraseando o poder incólume da figura desprovida de sentido, anexar o fomento especulativo do desconcerto desconcertante e do convite desconvidado, glorifica, temporariamente, a panóplia vingativa de acções comiseradas e, assim, o desfecho finda improvável, bem como a lógica ilógica relacional e racional.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub