Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Esquina do Desencontro

Histórias de Desencontros Ficcionais (ou Não) na Esquina da Vida

A Esquina do Desencontro

Histórias de Desencontros Ficcionais (ou Não) na Esquina da Vida

O Coração a Monte

O coração fugiu,

Para muito longe partiu,

Esqueceu a emoção e a alegria,

O amor ausentou-se, porque sofria.

 

A moda do amor,

Lonjura real e irrealizável,

Extravagância final,

Um momento parado, instável.

 

Foram embora os sentimentos,

Numa fuga aguardada,

Numa ilusão intemporal,

Num curto espaço geométrico emocional.

 

O fio da vida corre,

Numa finalização inesperada,

A fuga é frustrante,

A escada pesada.

 

O coração a monte está,

Não mais quer voltar,

A uma vidinha miserável,

Sem significado, sem verdadeiro amar.

 

O corpo está dorido,

A alma fechada,

O coração sofre desmedido,

O coração quer olvidar, ferido.

 

Nunca amará,

Nunca receberá amor,

Nunca será feliz,

Nunca será abraçado com clamor.

 

Assim ficará,

Numa eternidade diferente,

Numa fundura crescente,

Numa dimensão ousada, um céu reluzente.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub