Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Esquina do Desencontro

Histórias de Desencontros Ficcionais (ou Não) na Esquina da Vida

A Esquina do Desencontro

Histórias de Desencontros Ficcionais (ou Não) na Esquina da Vida

O Alento do Desalento

Diz-se que é preciso caos e destruição para recriar, reerguer, recomeçar, reconstruir, reviver. As maiores criações humanas parecem realmente ter surgido do inesperado e do caótico, da resiliência de cientistas e empreendedores, de revezes constantes e de tentativas frustradas de experimentalismo, de desprezo, humilhações e do ignorar de ideias, sonhos, inspirações, criações. O que fascina em todo este desalento que percorre ao longo da história da humanidade uma senda existencial recorrente, real e contínua, vivida e absorvida pelo mundo, por quem sempre quis testar os seus limites e trazer progresso, futuro, evolução, esperança, é o alento de, naquele dia miraculoso, em que o universo finalmente se conjugou para reunir e concentrar o melhor de todos os mundos, deixou de dar luta e permitiu alcançar o sucesso tão almejado, ainda que só naquele preciso e precioso instante de vitória momentânea, ser recuperado o sorriso de uma vida, a felicidade de uma eternidade, a emoção positiva carregada no coração para todo o sempre. O alento alcançado, ainda que único, vale bem os milhentos desalentos bombardeados e explodidos durante o percurso, muitas vezes obscuro, que ladeia e fustiga o brilhantismo de mentes que se esquecem propositadamente, só porque são diferentes nas suas criações, nos seus protótipos. Há que lhes dar a mão. Acreditar no engenho, acreditar na alma dos projectos, na inovação. Se os ousados financiadores anónimos, ou não, não arriscassem no alentar do desalento, a humanidade teria há muito perecido. E os sonhadores do mundo, os que têm sonhos e não desistem deles, também.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub