Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Esquina do Desencontro

Histórias de Desencontros Ficcionais (ou Não) na Esquina da Vida

A Esquina do Desencontro

Histórias de Desencontros Ficcionais (ou Não) na Esquina da Vida

Fonte Serena de Luz

O brilho desmaiou,

Na janela esquecida,

Afogaram-se sentimentos,

Perderam-se sonhos na sombra aparecida.

 

Serena harmonia,

Feita luz metal,

Afirmação da saudade,

Numa tendenciosa esquina terminal.

 

Luz da lua,

Luz do sol,

Paixão arrebatadora,

Temperada no obscuro sazonal paiol.

 

Recantos de mar,

Recantos de terra,

Na fonte equilibrada,

Magia vespertina com auspiciosa regra.

 

O vento aquece,

A areia esfria,

Tomada de consciência,

Numa luminosidade de brilho, feita de paciência.

 

As melodias ecoam,

Numa esperança deleitosa,

Suavidade sedosa,

Frescura doce, silhueta de rosa.

 

Sonhos visitados,

Fantasias felizes,

Esquerdinas mágoas olvidadas,

Num ciclo contínuo de belas histórias de petizes.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub