Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Esquina do Desencontro

Histórias de Desencontros Ficcionais (ou Não) na Esquina da Vida

A Esquina do Desencontro

Histórias de Desencontros Ficcionais (ou Não) na Esquina da Vida

Dias 12 e 13 - Cambodja Away

O tempo determina que tudo vá passando e sarando calmamente. Os Deuses zangaram-se contigo e pregaram-te uma partida: lançaram o feitiço da enfermidade e tornaram-te frágil e mortal. Um pecado distante tem penitência. O teu ousado e egoísta grito do Ipiranga tem consequências. A febril e incessante busca pela imortalidade demove da razão toda a emoção. A alma fica vazia e insensível. O Cambodja dispersou a tua alma e amedrontou o teu coração. Ousei viver e assustaste-te, apenas um pouco, é certo, mas a tua preocupação cresceu. Vais-me falando, perguntando, seduzindo, desajeitadamente. Vou-me libertando de ti e dos teus infernais feitiços. O exotismo das fotos cambodjianas deixa adivinhar mistério e intrincada construção. Povo meticuloso e regrado. Verde efusivo, de novo. O calor e a humidade, a chuva quente, assim o determinam. A tua viagem de aventura adolescente está a chegar ao fim, e eu distanciei-me, por fim. O amanhã, é uma incógnita. China e Lisboa. Caminhei de novo. Atravessei o Tejo e subi as colinas de Lisboa. Ou, talvez tenha viajado até Negrais. O facto é que tenho preenchido o teu vazio enormemente e já não me sinto tão sozinha. Tu, abandonaste-me, com uma panóplia de invenções e infantis desculpas. Há coisas que já não posso aceitar. Não consigo. E não compreendo. Se calhar, passaremos a ser só amigos. A minha confiança em ti morreu. Ainda será amor o que sinto? Ou amizade? Compaixão? Questiono-me frequentemente e não sei o que fazer. Sinto-me dividida. O coração quer perdoar, a razão, odiar. Talvez, o novo dia e a nova hora, me tragam a iluminura necessária para decidir. Por mim e para mim.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub