Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Esquina do Desencontro

Histórias de Desencontros Ficcionais (ou Não) na Esquina da Vida

A Esquina do Desencontro

Histórias de Desencontros Ficcionais (ou Não) na Esquina da Vida

Despir o que Somos

A elevação num qualquer promontório deixaria adivinhar, ou não, uma passada decidida e cadenciada. Numa outra dimensão o ser existe despido de futilidades icónicas e demagogias primeiras. Espera-se que a narrativa conte uma história e que haja um herói ou uma heroína. Na realidade, somos o que somos, simples e sem grandes aparatos festivaleiros. Vestidos, convencemos as hostes e comunicamos poder imaginário. Despidos, somos vulneráveis, atingíveis, mas verdadeiros. Despir o que somos é um exercício feliz. Se nos cansarmos de sermos nós, podemos divergir numa apoteótica conversão virtual de sonhos irrealizáveis. A verdade apura-se, depois. O agora do ser é o presente da estruturação individual e individualizante. O que somos pois? Despidos de tudo? Igualitariamente honestos, ao mesmo nível, subsequentemente imaterializados e propensos ao mundo surreal. Assim, nivelados, podemos comparar vivências e experiências. Despir o que somos. Ou o que não somos. Ou o que queríamos ser. Ou o que sonhamos ser. Ou o que temos. Insondáveis momentos de espiritualidade que abarcam a vida paralela. Utopias invernais numa tarde primaveril. Encontros desencontrados, numa fita contemporânea. Sustos e consequências num jogo perigoso e desconhecido. O contexto situacional determina reacções e só depois se aprende o que verdadeiramente somos. Iguais na desigualdade. Desiguais na humanidade. Somos o que nos deixam ser. Vestidos ou despidos.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub