Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Esquina do Desencontro

Histórias de Desencontros Ficcionais (ou Não) na Esquina da Vida

A Esquina do Desencontro

Histórias de Desencontros Ficcionais (ou Não) na Esquina da Vida

Causalidade Uniforme

Um sentir esquisito entranha na pele do estranho. O tempo parou e o ciclo sequencial do roteiro intocável da vida é contemplado. A espera termina e o ponto é picado. As causas audíveis ou sentidas são esperança vã, numa fictícia sombra de veracidade emanada da longínqua uniformização expectável. O fio da vida sobranceiro à tundra espanta o estranho. Causa e efeito. Efeito desmedido. Medição incauta. Causalidade e uniformização. Espanto, de novo, e sedução. Viragem do avesso apertado, numa conturbada imagem da realidade ficcional. O contratempo do estranho fá-lo desesperar. A causalidade uniforme da volátil vida, dispersa no desafio de se ser um conhecido, e não mais estranho, transtorna e transforma a razão existencial da fonética da relatividade conexa. O conteúdo de uma introdução discreta, com continuidade contida, define o estranho, ou não, na sua máxima vivencial. Atire-se a pedra dos céus, na terra. Sonhe-se o insonhável e inalcançável. Espere-se o improvável. Esqueça-se o inesquecível. Romantize-se o discutível amor. Toda a capacidade uniformizadora de regras e disposições, determina um caminho insondável e inesperado, curiosamente. Na verdade, deixamos escapar levemente o espírito crítico e inovador, o que se traduz numa união prematura entre razão e contenção. As causas operam fenómenos sociais díspares, mas contundentes na sua consequência mais primária. A ondulação ambígua da mente faz viajar o estranho que, entretanto, sucumbiu, renasceu e morreu de novo. Queremos apenas decifrar o conhecido. O estanque e o básico. O que traz conformidade e acomodação, descanso e paz. Finalmente.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub