Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Esquina do Desencontro

Histórias de Desencontros Ficcionais (ou Não) na Esquina da Vida

A Esquina do Desencontro

Histórias de Desencontros Ficcionais (ou Não) na Esquina da Vida

Aves de Papel

O encanto do trilho despertou a curiosidade. Ventos altivos, falésias escarpadas, promontórios prometidos, cenários paradisíacos. O encontro dos viandantes caminheiros aventureiros dispensava introduções prolongadas. Todos sabiam ao que iam. O prazer de deambular pela natureza, testando as capacidades cognitivas, mas especialmente as físicas, desafia a nossa conexão mais primitiva com o mundo, relembrando que a sobrevivência básica, outrora, determinou a nossa mais simples existência. O início, depois de um breve enquadramento, definiu os líderes e os liderados. Ritmo forte, o corpo em movimento contínuo e extenuante, a cabeça focada no esforço e na paisagem deslumbrante. Assim, se segue imaginando os nossos antepassados à descoberta do litoral. Pouco se vê de fauna. A flora, no entanto, abunda. O longínquo horizonte desperta. O mar é imenso. A costa recortada olha para nós, lá longe. O ritmo apenas abranda nas duras subidas, de declive acentuado. O corpo pede descanso, mas a alma está feliz. Talvez, aqui e ali, se vislumbrem pequenas ou grandes aves. A imaginação assim o exige. Quem sabe, aves de papel, leves, livres, brancas. As gaivotas, de maior porte, enquadram-se neste perfil. O sonho acontece e o pequeno transforma-se em grande. São mesmo gaivotas, mas também no céu se avistam outras aves, bem mais pequenas. Que belo pensamento... Aves de papel. O sol toldou o nosso julgamento. O trilho percorrido, ao longo de mais de quinze eternizados quilómetros, aproxima-se do seu fim. As aves de papel também. De volta à realidade, os viandantes caminheiros aventureiros se despedem uns dos outros. Até uma próxima, de preferência, com mais aves de papel.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub