Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Esquina do Desencontro

Histórias de Desencontros Ficcionais (ou Não) na Esquina da Vida

A Esquina do Desencontro

Histórias de Desencontros Ficcionais (ou Não) na Esquina da Vida

A Parentalidade

O tempo da invenção descontrolada foge, inesperadamente, numa premissa solta de funcionalidade causal, quando a família aumenta e a escassez de robustez emocional, para a qual curiosamente nunca há preparação contornável, se apronta na rotineira cadência diária. A parentalidade é a unificação de toda a evolução humana, levada ao seu exponencial máximo de responsabilização, dever, ensinamento, passagem de testemunho, sabedoria, saber e conhecimento. A robustez vai-se conquistando e a preparação é um ciclo contínuo vivencial. A genética assimila o melhor de dois mundos e os pais assumem a sua função primordial: educar. A beleza desta conjugação imaterial, resulta num propósito maior, elevar a primazia da glória humana, numa proporção o mais positivista possível e transparecendo a essência magnífica de um acumular de informação controlada, mas sempre surpreendente. Assim, a parentalidade é fundamental numa qualquer civilização ou sociedade. É crucial, no seu conceito mais pedagógico, humanizado e humanizador para garantir a continuidade de princípios e valores, comportamentos, acções e interacções humanas. O exemplo lidera esta continuidade, sob a forma de uma formação dual, o estímulo externo e o intrínseco. A determinação da passagem da filtrada informação genética, releva, espera-se, o melhor dos dois códigos genéticos e há toda a mística da personalidade individual que complementa esta determinação. O contexto social e familiar opera o seu lugar primordial, no estímulo mais exteriorizado. É pois, o resultado composto que eficaz e eficientemente cria a magia de que é feito um novo ser. Parentalidade com amor, com equidade, igualdade, felicidade, muito trabalho, muito tempo para dar, precisa-se. Agora e sempre. Para podermos sorrir em família.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub