Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Esquina do Desencontro

Histórias de Desencontros Ficcionais (ou Não) na Esquina da Vida

A Esquina do Desencontro

Histórias de Desencontros Ficcionais (ou Não) na Esquina da Vida

A Intemporalidade do Equilibrium Familiaris

A clausura virtual que remete muitas famílias para a introspecção in house sem que transpareçam fora das quatro paredes as imperfeições relacionais que rotinam o dia-a-dia são, efectivamente, uma realidade suportada única e exclusivamente pelos elementos do agregado. É natural que a actividade relacional intra-familiar se paute por muitas e difusas variantes incontroláveis em análise, até porque estamos a falar de pessoais emocionalmente muito diferenciadas na sua personalidade e com formas de ser e de agir muito características.

O mix genético reclama similaridades, mas, também peculiaridades e é isso que cria a manta de retalhos que constitui a sociedade cultural familiar mundial.

Assim, apontar ao horizonte familiar equilíbrio e estabilidade é uma missão em contínuo para todos os intervenientes do grupo. Todas as famílias anseiam por encontrar o seu próprio equilíbrio, o seu motor de engagement, o seu discurso sinfónico sintonizado, a sua harmonia patológica, a sua funcionalidade social, as suas regras, os seus estares, os seus viveres em consonância com as prováveis ambiguidades salutares (ou nem por isso) que criam a unicidade de cada indivíduo e que reflectem a sua alma, mas também, a sua função, a sua tarefa específica na estrutura hierarquizada do grupo, porque ainda o é, e manifestamente deve continuar a seguir alguma padronização expectável de definição muito concreta e promotora de papéis consensuais, para que as partes tornem o todo complementar, produtivo, funcional, eficaz e eficiente.

Acima de tudo, este árduo trabalho de definir, dimensionar, estratificar, hierarquizar, compactar a família, traduz-se, se o sucesso relacional e a dinâmica familiar funcionarem, na esperança daquela família especial encontrar o seu próprio caminho para a felicidade e o amor pleno entre o grupo e entre indivíduos.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub