Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Esquina do Desencontro

Histórias de Desencontros Ficcionais (ou Não) na Esquina da Vida

A Febre da Bola

20.06.18 | Cuca Margoux

Incontornável devoção esférica,

Num rectângulo definida,

Leva ao rubro milhões,

Encena vitórias, vibram corações.

 

A febre é contagiante,

Os olhos choram de alegria,

O golo é imperativo,

A perda, ausência fugidia.

 

Hoje e sempre,

Se canta a esperança,

Se segue o jogo,

Se entrega a glória, com confiança.

 

Passos treinados,

Uma equipa consolidada,

Disciplina regrada,

Convénio prometido, uma longa caminhada.

 

De tudo um pouco se vê,

Nas bancadas, em casa,

Bandeiras ao vento,

Hinos e patriotismo, orgulho, um alento.

 

Todos unidos pelos onze,

Em campo nos dignificam,

Em campo enaltecem o povo,

Em campo trazem a esperança, de novo.

 

O mundo pára,

A vida espera,

A alma viaja para longe,

O ecrã traz a Primavera.

 

Assim será por muito tempo,

Acreditar e seguir em frente,

Jogar e elevar o espírito,

Amar a nação, chorar a felicidade, um valente grito.