Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Esquina do Desencontro

Histórias de Desencontros Ficcionais (ou Não) na Esquina da Vida

A Esquina do Desencontro

Histórias de Desencontros Ficcionais (ou Não) na Esquina da Vida

A Essência Humana da Liberdade do Ser

A ligação incontornável a um ser sem existência apaziguadora, define e caracteriza o turbilhão de razoáveis conquistas aparentadas com sucesso. A verdade do tudo, nesta inconsequente relação, determina um sonho ilusório feito de mentira constrangedora. A vida prossegue, sob a égide de uma essência humana atípica e desregulada. O topo da escada, elevada ao expoente máximo da glória inebriante, abona a favor de um descanso irreal e potencialmente perigoso. A essência humana descreve ciclos fechados de pseudo abertura programada, ou desejada. A liberdade descaracteriza a acção final. A temporização do desejo ambíguo, malfeito ou refeito de malícia abundante, consome recursos, ideologias e profecias. A cama desfeita encerra segredos. O ser desperta a sua desigualdade fantasmagórica e volátil. O potenciar da dor ausente carece de confrontação. A frescura ignóbil de um doce ser nada, ilumina a mente tacanha de sentido e sentir. Esta essência libertina de um qualquer ser, consome o tesouro esquecido no subconsciente de uma mente diferente, que mente. O proveito da razão pendente, canaliza um custo deferente, distanciado e surreal. O recebimento da transacção emocional, conduz subtilmente o desenrolar do pagamento fictício, em espécie moral. Debitar o mérito da vida, num creditar de malfadados contorcionismos, engrandece a queda abismal do ser libertino. Ou, ilusoriamente, libertino. A essência humana da liberdade do ser é uma história intensa e imensa por contar, num papel em branco ou numa película virgem. Assim, pensam os que não pensam e escrevem os que não sabem escrever.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub