Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Esquina do Desencontro

Histórias de Desencontros Ficcionais (ou Não) na Esquina da Vida

A Esquina do Desencontro

Histórias de Desencontros Ficcionais (ou Não) na Esquina da Vida

A Condição Doce do Nada Esperar

A breve troca de olhares,

Uma sedução inesperada,

Uma vela apagada,

Uma nova história contada.

 

A condição velada,

Esquecida, mas doce,

A espera acabada,

A vida resplandecente, ousada.

 

Nada esperar de mau,

O bom fustigará o corpo,

Que saudosa candura refrescante,

Subtil motivação ofuscante.

 

Quem espera, sempre alcança,

Uma vez que seja,

As coisas boas da vida,

O ser simplesmente numa ida.

 

As cores apertam,

O calor desperta,

Sentados ficamos,

Descansados, sem nada esperar, estamos.

 

Uma volta, uma vida,

Uma rotina perdida,

Sons doces abafados,

Ausências fugazes, seres alados.

 

A condição doce do nada esperar,

Enche de magia e encanto,

Eleva a alma petiz,

Relembra o quanto é bom ser feliz.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub