Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Esquina do Desencontro

Histórias de Desencontros Ficcionais (ou Não) na Esquina da Vida

A Esquina do Desencontro

Histórias de Desencontros Ficcionais (ou Não) na Esquina da Vida

Todas as Revoluções começam numa Ideia…

E se um cliente chamado Portugal pedisse uma campanha à agência Movimento das Forças Armadas? O resultado seria uma revolução, com direção criativa de Otelo Saraiva de Carvalho e um cravo vermelho como ícone. Não aconteceu, mas podia ter acontecido. Quer dizer, a campanha não aconteceu, porque a revolução faz quarta-feira 44 anos. Cujas comemorações antecipamos, com a criatividade da FunnyHow e uma mensagem, afinal, simples: todas as revoluções começam numa ideia…

ler mais em www.briefing.pt

What to Do When Success Leaves You Empty

For many leaders, a sense of meaning at work is elusive. As a leadership coach and business advisor, what I find most interesting about the gap between what leaders expect to feel once they reach a career milestone and what they actually feel is that it often comes as a surprise. The cause of the confusion? What leaders thought was meaningful purpose was merely their pursuit of success — and these are two very different things.

read more in www.strategy-business.com

5 Attitudes For Aging Gracefully

One of the most popular marketing niches today is anti-aging. Yet no matter how much hype it gets, the process of aging is inevitable. The good news is that the effects and severity of the progression can be slowed down. But they can’t be stopped.

read more in www.success.com

Tempo de Amar

A música seduz,

Num movimento alterado,

O coração bate forte,

O corpo sente o estar apaixonado.

 

Vibração contagiante,

Nomenclatura eternizada,

Conto vigarizado,

Escândalo ateado.

 

Fuga mordaz,

Num tempo finito,

Numa vassalagem demorada,

Num beijo amado, janela fechada.

 

Amar para sempre,

Nas voltas da vida airada,

Na cadência do corpo desejado,

Na lembrança de um amor apagado.

 

Temperança tórrida,

Num jardim de sentidos presentes,

Num toque abraçado,

Uma loucura acesa, coração despedaçado.

 

Foi outrora o tempo verdadeiro,

O tempo da mentira esquecida,

Do beijo apaixonado,

Do momento fotografado.

 

Nas memórias ocultas,

O tempo de amar ficou.

O formigueiro não abrandou,

O coração, acelerado, pulsou.

 

Um dia o ciclo fecha,

Novo sentir ascenderá,

Novo amar será glorificado,

Novo amor terreno edificado.

Singularidade. O Medo de ter chegado o Tempo das Máquinas que Pensam

A "singularidade" refere-se a um ponto de rutura em que as máquinas se tornem independentes do homem ou se combinem com este numa nova espécie. É este o receio de cientistas e personalides diversas, que querem o desenvolvimento da inteligência artificial controlado e orientado para fins benéficos. Vernor Vinge, que criou o conceito, dizia que em 30 anos teríamos meios tecnológicos para criar inteligência sobre-humana. Já passaram 25.

ler mais em www.jornaleconomico.sapo.pt

“SMART CITIES”: Foco nas Pessoas

Até há relativamente pouco tempo, o movimento das Smart Cities focava-se apenas em infraestruturas básicas como sensores e banda larga, no entanto a evolução das cidades hoje foca-se num elemento ainda mais importante – as pessoas.
A tecnologia sempre foi uma força crítica e estreitamente entrelaçada com a evolução das cidades. Desde há milénios atrás, quando surgiram as primeiras tribos humanas, passando pela revolução industrial até aos nossos dias, que os avanços tecnológicos impactaram fortemente não só as infraestruturas que usamos, mas também a forma como nos movemos, vivemos e trabalhamos.
As “Cidades Inteligentes” desenvolvem-se com base em suportes digitais complexos alimentados por BigData, que lhes permitem funcionar de forma mais eficiente e serem mais sensíveis às necessidades de cada comunidade. Com a implementação destes sistemas pretende-se criar um melhor ambiente urbano, onde as pessoas podem realmente prosperar.
Muitas cidades estão a começar e, com certeza, irão continuar a integrar o dinamismo tecnológico no nosso quotidiano. Se estivermos atentos podemos ver pequenas diferenças por toda a parte – as mudanças ocorrem tanto ao nível das operações municipais, quer ao nível dos transportes e infraestruturas.

ler mais em www.rhonline.pt

ISEG com Open Day para Alunos do Secundário

O ISEG – Lisbon School of Economics & Management vai abrir as suas portas no próximo dia 11 de maio a alunos do ensino secundário, para dar a conhecer a sua oferta académica em licenciatura.

Durante a visita às instalações, o open day do ISEG assume-se como um verdadeiro desafio às capacidades analíticas e de superação dos jovens pré-universitários.

Com o apoio na Nestlé e da Everything is New, os 150 alunos que irão participar na iniciativa serão divididos por equipas, para superarem vários desafios que os levarão à descoberta de uma instituição de ensino com uma tradição de 107 anos e da sua oferta formativa nas áreas de finanças, economia, gestão e matemática aplicada à economia e gestão. O evento contará ainda com os testemunhos de atuais alunos e com uma sessão de esclarecimento de dúvidas por parte de docentes.

ler mais em www.human.pt

O Feitiço da Motivação

Todos passamos pela experiência de ser motivado… e, uns anos mais tarde, pelo desafio de encontrar a fórmula mágica de ter “me, myself and I” devidamente motivados. No início das nossas vidas profissionais, a palavra motivação vem sempre aliada a outras palavras como “chefia”, “missão da empresa”, “trabalho de equipa”… Mas rápido percebemos que não é bem assim. Ou temos o dom de aprender depressa…  Ou temos o dom de nos auto-motivar… Ou o risco é ficar condenado para sempre a eterno serviçal que habilmente espera que o outro (ou a outra) o motive, com um consequente tempo que passa a História sem qualquer motivação.

Em bom rigor, ou motivamos ou somos motivados. Como e porquê? Não sabemos. Parece que funciona como um feitiço: existe, mas ninguém sabe muito bem a fórmula certa… mas todos procuramos e queremos usufruir do seu resultado mágico.

ler mais em inforh.pt

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D