Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Esquina do Desencontro

Histórias de Desencontros Ficcionais (ou Não) na Esquina da Vida

A Esquina do Desencontro

Histórias de Desencontros Ficcionais (ou Não) na Esquina da Vida

Emergência 15 - Dias 5 a 7 - O PRR das Nossas Vidas

(Perdoem o discorrer incoerente e inconsistente, decorrente da racionalidade por esta altura bastante confusa, que habita uma pobre alma quase penada e um coração fragilizado, prolífero em inquietude e muito quebrado…) Muito se tem falado do Plano de Recuperação e Resiliência. Mas, afinal, em que consiste? E, acima de tudo, qual a sua finalidade, o que esperar e que mudanças introduzirá no futuro? Sinceramente, não sei. Quer dizer, saber, sei, mas, aguardo com alguma expectativa pela sua real e consequente implementação. Somos muito bons a idealizar estratégias e planos, particularmente excepcionais a discuti-los, numa miríade de abordagens e perspectivas verdadeiramente infindáveis, mas fabulosas, no entanto, acabamos sempre por nos depararmos com uma clara dificuldade que resulta da nossa ineficaz e ineficiente capacidade de concretização ou operacionalização. E, depois, tudo se perde. O mundo mudou. É um facto. E, com ele, mudámos todos nós e continuaremos a mudar. Hoje, é Dia da Terra. Também ela está a mudar. Drasticamente. A nossa sobrevivência depende única e exclusivamente do nosso próprio PRR e do que conseguiremos conquistar positivamente. Será uma acalmia temporária ou um futuro risonho, sustentável e salutar? As dúvidas são muitas e persistentes. Estes dias são marcados por incerteza, mas também por muita esperança. Os números pandémicos vão sendo controlados, as vacinas vão sendo administradas a bom ritmo, mesmo com alguns avanços e recuos, a mortalidade diminuiu, as pessoas, as coisas, tudo parece retomar a sua, um pouco mais normal, cadência natural. Acontecem cimeiras, apresentam-se estatutos, retoma-se a actividade cultural e o lazer, anuncia-se um eventual fim para as máscaras. Positivismo ao rubro. Assim, se tenta motivar as pessoas, o cidadão mais apreensivo e desconfiado. Mas, o défice tem vindo a aumentar desmesuradamente por causa da pandemia e o sistema financeiro está a entrar em stress profundo, assim como as empresas, mesmo as maiores. Prevenção. Provisão. Contenção. Comedimento. São fundamentais. “Bazuca” é que parece que não há. Pelo menos, para já. Alterações climáticas são mais que muitas, incontáveis, mas continuamos literalmente a destruir o nosso lar. A conquista do espaço prossegue inflamada com o helicóptero Ingenuity a voar em Marte, com a produção de Oxigénio em Marte e com os planos para a construção da Estação Espacial Gateway, que funcionará como life support platform para os astronautas que irão explorar, num futuro próximo, a nossa Lua. O mundo está a mudar. E, assim, também nós continuaremos as nossas próprias mudanças adaptativas e de reajuste contínuo. É mesmo um facto. This is real weird life on Earth, my friends!

Dia da Terra: o Momento Para Reflexão Sobre a Sustentabilidade do Planeta

O Dia da Terra é comemorado anualmente a 22 de abril. Este dia, também chamado de Dia do Planeta Terra ou Dia da Mãe Terra, reconhece a importância do planeta e alerta todos os habitantes para a importância e a necessidade de preservar os recursos naturais do mundo.

As comemorações do Dia da Terra tiveram lugar pela primeira vez nos Estados Unidos, no dia 22 de abril de 1970, promovidas pelo senador americano Gaylord Nelson (1916-2005), que organizou um fórum ambiental que envolveu cerca de 20 milhões de participantes.

conhecer mais: greensavers.sapo.pt

Primeiro Festival Literário de Lisboa Realiza-se entre 05 e 09 de Maio

O primeiro festival literário de Lisboa decorre entre 05 e 09 de maio em teatros, cinema, livrarias, ruas, largos e praças da cidade, reunindo mais de 70 autores de oito países.

O primeiro festival literário de Lisboa decorre entre 05 e 09 de maio em teatros, cinema, livrarias, ruas, largos e praças da cidade, reunindo mais de 70 autores de oito países, numa homenagem à língua portuguesa, foi anunciado esta quinta-feira.

conhecer mais: observador.pt

Novo Recorde. Endividamento da Economia Está nos 751,4 Mil Milhões

Dados foram divulgados esta quinta-feira pelo Banco de Portugal.

O endividamento da economia voltou a subir em fevereiro, atingindo um novo recorde. Assim, o endividamento do setor não financeiro fixou-se nos 751,4 mil milhões de euros, dos quais 345,6 mil milhões de euros diziam respeito ao setor público e 405,8 mil milhões de euros ao setor privado.

Os dados foram revelados esta quinta-feira pelo Banco de Portugal (BdP) que revela que, relativamente ao mês anterior, o endividamento do setor não financeiro cresceu 5,4 mil milhões de euros. Um crescimento que é justificado com o “incremento de 4,1 mil milhões de euros do endividamento do setor público e de 1,3 mil milhões de euros do endividamento do setor privado”.

ler mais: sol.sapo.pt

Transferências ao Balcão: Cuidados a Ter

Optar por fazer a transferência na caixa multibanco poderá fazer diferença

Os bancos têm vindo a aumentar os custos dos mais variados serviços e há casos em que esses gastos duplicaram e até mesmo triplicaram nos últimos meses. 

As transferências interbancárias (entre bancos diferentes) não ficam de fora desta realidade se forem efetuadas ao balcão. Evite optar por esta modalidade a não ser que necessite de acompanhamento personalizado. Para contornar estes custos, em vez de entrar no banco, opte por fazer essa transferência na caixa multibanco já que, aqui, a operação é sempre gratuita. Este é o método mais económico para quem deseja fazer transferências de caráter pontual, pese embora seja restrito a determinados montantes. No entanto, há bancos que não cobram nada por este serviço quando é realizado através da internet e há quem exija certos requisitos que determinam também a isenção aos clientes que os cumprem.

conhecer mais: ionline.sapo.pt

A Maior “cidade-fantasma” da China Voltou a Florescer (Graças à Educação)

Kangbashi, na Mongólia Interior, é considerada há muitos anos a maior “cidade-fantasma” da China. Agora, tem muito a agradecer a uma jogada inesperada, mas muito eficaz: o setor da Educação.

Há alguns anos que Kangbashi, uma cidade no meio dos desertos áridos da Mongólia Interior, região autónoma no norte da China, ganhou a reputação de “guicheng”, termo que na nossa língua poderá ser traduzido em algo como “cidade-fantasma”.

conhecer mais: zap.aeiou.pt

O Novo Selo da Too Good To Go Vai Lutar Contra o Desperdício Alimentar

A iniciativa “Observar, Cheirar, Provar” quer ajudar os portugueses a distinguir as diferenças entre as datas de validade dos produtos.

As validades impressas nas embalagens dos produtos alimentares variam bastante e nem sempre percebemos bem o que querem dizer. Certamente já reparou que, por vezes, encontra expressões como “consumir até”, “consumir de preferência antes de” ou ainda “consumir de preferência antes do fim de”. Porém, a questão mais importante é esta: acha que sabe mesmo distingui-las?

conhecer mais: nit.pt

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub