Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Esquina do Desencontro

Histórias de Desencontros Ficcionais (ou Não) na Esquina da Vida

A Esquina do Desencontro

Histórias de Desencontros Ficcionais (ou Não) na Esquina da Vida

Everybody Loves to Hate Modern Monetary Theory

In 1853 the French writer Gustave Flaubert wrote, “You can calculate the worth of a man by the number of his enemies, and the importance of a work of art by the harm that is spoken of it.” By that standard, Modern Monetary Theory must be both worthy and important; it’s the economic school of thought that everybody loves to hate.

read more in bloomberg.com

Women Who Board: Jenny Ming, Former CEO Of Charlotte Russe And Former President Of Old Navy, On Overcoming Stereotypes And Making An Impact

“When we’re invited to the table, we need to accept the invitation. We need to think more about ourselves and be comfortable with who we are and why we’re being invited.” – Jenny Ming

Over the course of her career, Jenny Ming, whose former roles include CEO of Charlotte Russe and President of Old Navy, has served on a number of high-profile boards, including Levi Strauss & Co., Poshmark, Paper Source and Kaiser Foundation Health Plan & Hospitals. Twice recognized as one of the 50 Most Powerful Women in Business by Fortune, Jenny has also been named one of the nation’s top 25 managers by BusinessWeek.

read more in forbes.com

Q&A: Will Office Life be Split into pre- and post-pandemic Eras?

When we asked FT readers for their thoughts on whether we are heading into a new phase of history — and leaving behind old office norms forever — we got some thoughtful, and contrasting, responses. Our starting point was Professor Lynda Gratton of London Business School, who writing in the FT, suggested that “during this short period of time [lockdown] we have altered a host of attitudes, behaviours and skills which will inform our future”.

read more in ft.com

Infiltrados

Os autores, quando não são o tema central, infiltram-se nas obras, como Hitchcock nos seus filmes, como um deus passeando na sua criação.

Em 1434, o pintor Jan van Eyck que foi testemunha do matrimónio dos Arnolfini, pintou um retrato do casal. Além de ser uma testemunha como qualquer outra no casamento, acrescentou uma imagem que haveria de imortalizar o momento. Mas van Eyck foi mais longe, pois decidiu pintar-se a si mesmo, de forma subtil, no espelho convexo, que está minuciosamente representado no centro do quadro. O criador da obra deixou de ser apenas uma figura autoral para também ser percebido na sua forma física, isto é, o criador é visível na obra.

ler mais em jornaldeletras.pt

VOLT: Dúvidas sobre Carregamentos na Rede Mobi.E

No Live de hoje, o dia em que todos os carregamentos na rede Mobi.E passaram a ser pagos, respondemos às dúvidas mais comuns sobre carregamentos de veículos elétricos nesta rede pública. Como carregar, quais as velocidades de carregamento disponíveis, quanto custa… Como sempre, pode participar com as suas dúvidas e opiniões via comentários no Facebook.

saber mais em exameinformatica.pt

Vem aí o Prémio Inovação em Prevenção

EXAME e Ageas Seguros vão distinguir os melhores projetos de prevenção de risco.

A partir de julho, as empresas portuguesas já podem concorrer ao Prémio Inovação em Prevenção, uma iniciativa criada pelas Ageas Seguros e pela EXAME para o reconhecimento e incentivo às boas práticas empresariais na área da Prevenção, com especial tónica na forma como as empresas e seus gestores gerem os riscos associados à sua atividade. 

conhecer mais em exame.pt

PortoCartoon: As Desigualdades do Mundo vistas a partir do Desenho

O cartoonista francês Platu venceu o 22º PortoCartoon na temática "Fome, Pobreza e Desigualdades". Pela primeira vez, o festival inaugura-se numa galeria virtual.

O desenho de homens, mulheres e crianças a tentarem salvar-se de um barco, escalando desesperadamente uma ponte, valeu ao cartoonista francês Platu (Jean Plantureaux) o Grande Prémio no 22º PortoCartoon-World Festival, organizado pelo Museu Nacional da Imprensa (MNI), no Porto, e dedicado à temática “Fome, Pobreza e Desigualdades”. 

para conhecer mais em sete.pt

A Pandemia vai Salvar o Planeta?

Em poucos meses, a Covid-19 travou a poluição e a emissão de gases com efeito de estufa – exatamente aquilo que é preciso no combate às alterações climáticas. Uma oportunidade única para mudar, dizem os especialistas. O que falta fazer para se evitar o desastre?

ler mais em visao.sapo.pt

Pág. 40/40

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub