Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Esquina do Desencontro

Histórias de Desencontros Ficcionais (ou Não) na Esquina da Vida

A Esquina do Desencontro

Histórias de Desencontros Ficcionais (ou Não) na Esquina da Vida

Um Dia Acaba

A insensatez da variação modal determina que a vida se prolonga além do devido, na grande maioria das vezes. A dor do caminho profundo que se apega a cada qual, é tão penosa que a monotonia do trilho, rotineiro e previsível, nas suas azarentas pegadas, anuncia uma morte certa e esquecida por todos. Uma vida sem sentido. Um mundo apagado. Um sonho acabado. A esperança de fazer a diferença positiva, ser reconhecido pelo que se é, rico de espírito, mas pobre de bolsa, é uma ilusão tão estúpida, quanto a estupidez de se procurar o inferno na terra, aquilo a que chamam amor. Perdeu-se o norte, atingiu-se o fundo, a chama morreu, o sentido todo se esqueceu. Um dia acaba. O bom. Porque o mau, volta sempre. Este caminho irritantemente penoso, difícil e desnorteante, retorna e volta a retornar, ciclicamente. E o bom é temporário. Uma ínfima sombra da planura abrasiva da desconstrução memorial do caminho trilhado. Sem forças, a dor no peito cresce. Em crescendo constante, se avista o precipício, e o amor, nunca encontrado, ilusório nas paixões passageiras, enterra-se, juntamente com a alma, porque o coração ainda resiste, em batimentos acelerados, é certo, mas só aparentemente vivo. A queda aparatosa é aplaudida. O mau vence sempre. O que é bom, morre sempre. E tudo o que é bom, um dia acaba.

"This is a man's world"

Mulheres representam menos de 30% dos órgãos diretivos das empresas. O aumento da presença feminina tem sido residual.

Primeiro, o assunto começou a ser falado com base em evidências empíricas. Depois, começaram a surgir alguns dados estatísticos. Entretanto, a questão da igualdade de género subiu mesmo à mesa da política e, em 2016, o Governo apresentou uma proposta de aplicação de quotas às empresas cotadas: até 1 de janeiro deste ano, as mulheres teriam de ocupar, pelo menos, 20% dos cargos de administração das empresas presentes em Bolsa, e esse número deverá subir para 33% em 2020.

O objetivo é que, por contágio, a medida se alastre ao resto do País. É que, afinal, a paridade de género é praticamente total na população ativa, e as mulheres representam atualmente 61% dos licenciados a trabalhar em Portugal. No entanto, números recolhidos pela Informa D&B no seu Retrato do Tecido Empresarial: Participação Feminina na Gestão das Empresas em Portugal mostram que há ainda um longo caminho a percorrer. Os dados relativos a 2017 revelam que apenas 26,1% dos cargos de gestão são ocupados por mulheres (em 2011, eram 24,3%), número que desce abruptamente quando olhamos para o cargo de diretor-geral: 10% apenas. Aliás, “a grande maioria (73%) das funções de direção executiva é ocupada por homens”, refere o mesmo estudo, salientando que a exceção é a área de Recursos Humanos, em que a paridade já acontece. No entanto, mesmo nesta área as mulheres só ocupam 10,4% da direção-geral.

ler mais em visao.sapo.pt/exame

Descobertos Fósseis de Animais que morreram minutos depois do impacto do Asteroide que extinguiu os Dinossauros

Há 66 milhões de anos, o impacto de um asteroide erradicava 75% dos animais e espécies de plantas do planeta e levava à extinção dos dinossauros. O que investigadores americanos descobriram agora foi uma quantidade muito significativa de fósseis de criaturas que morreram logo após a colisão. "Um filão de fósseis de peixes e animais perfeitamente preservados", como descrevem os paleontólogos da Universidade do Kansas, no estudo publicado esta segunda-feira.

Os investigadores, liderados por Robert DePalma, acreditam que o enorme impacto desencadeou uma série de ondas sísmicas que, por sua vez, fizeram precipitar uma enxurrada massiva de água e detritos do que ficou conhecido o Mar interior ocidental. No local, os cientistas encontraram "um emaranhado de peixes de água doce, vertebrados terrestres, árvores, ramos, troncos, amonóides (um grupo extinto de moluscos cefalópodes) e outras criaturas marinhas".

ler mais em visao.sapo.pt

O Marketing para além dos Bastidores

Um líder inspirador e inclusivo trará benefícios para a empresa e toda a equipa. Apesar de estudos determinarem características mais tipicamente masculinas ou femininas na liderança, a diretora de marketing da BI4ALL não é apologista da defesa do desempenho profissional com base no género. Inerente a qualquer um deles, espera-se foco, a dedicação e a determinação.

ler mais em liderancanofeminino.org

A Implacável Convergência para o Sucesso

O estudo Convergence – The Survey foi o ponto de partida para a 13.ª edição do QSP Summit e procurou entender a forma como as empresas estão a abordar a integração de diferentes ferramentas e realidades. A convergência é hoje uma realidade transversal a todas as áreas: humanos-robôs, tecnologia-workplace, online-offline, produto-branding, dados-intuição, produto-serviço, entre muitas outras.

No estudo participaram 232 gestores, quadros seniores e profissionais com funções de liderança em empresas a operar em Portugal, e as conclusões são surpreendentes, porque mostram que os gestores estão muito interessados em perceber como vão conseguir fazer convergir a criatividade com o pragmatismo na gestão (93%).

ler mais em lidermagazine.com.pt

Peixe em Lisboa está de regresso e há 50 Vinhos para provar

A partir de quinta-feira até dia 14 de Abril, o festival gastronómico Peixe em Lisboa regressa ao Pavilhão Carlos Lopes, no Parque Eduardo VII. Durante 11 dias, os Vinhos de Lisboa vão colocar na mesa mais de 50 vinhos para uma harmonização às receitas que grandes nomes da cozinha darão a provar, todas elas com produtos vindos do mar.

“A frescura, a mineralidade e o equilíbrio entre a acidez e a estrutura dos Vinhos de Lisboa, faz com que estes sejam especialmente gastronómicos, acompanhando muito bem os pratos de peixe e marisco”, sublinha Francisco Toscano Rico, presidente da Comissão Vitivinícola da Região de Lisboa (CVR Lisboa), em comunicado.

ler mais em viagenseresorts.pt

As Pessoas no Centro da Transformação

«Mais do que a tecnologia, em 2019, são as pessoas que assumem o papel chave na transformação das empresas. Essa é a tendência global que se reflecte, de forma idêntica, no estudo da Human Resources Portugal.

Atrair e reter o talento continua a ser o maior desafio das empresas. Sou da opinião de que esta previsão assume o maior risco para as organizações, pois quando se observam as previsões de evolução do número de colaboradores das empresas, existe uma clara tendência de manutenção ou crescimento conservador – abaixo dos 3%. Estes valores são uma forte ameaça à capacidade de entrega e ao crescimento das empresas.

ler mais em hrportugal.pt

4 Tendências nas Relações Públicas

Digitalização, métricas, notícias falsas e integridade são palavras-chave quando o assunto são tendências nas Relações Públicas. A IPRN – International Public Relations Network, rede mundial de agências de comunicação independentes, inquiriu mais de 40 representantes de agências e descobriu quais as suas principais preocupações e desafios.

ler mais em marketeer.pt

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub