Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Esquina do Desencontro

Histórias de Desencontros Ficcionais (ou Não) na Esquina da Vida

A Esquina do Desencontro

Histórias de Desencontros Ficcionais (ou Não) na Esquina da Vida

Sede do CCP acolhe exposição “Futuros Presidentes”

A partir da próxima quarta-feira, dia 27, e até 14 de Março, os futuros presidentes podem ser encontrados no Mercado de Santa Clara, em Lisboa. A casa do Clube Criativos de Portugal (CCP) vai acolher uma exposição que retrata os sonhos de crianças moçambicanas: ser médico, professor, juiz ou até Presidente da República.

ler mais em marketeer.pt

O Esquecimento do Corpo

Doces dias inocentes,

De dor desconhecida,

De moral ingénua,

De candura esquecida.

 

O corpo imprevisto surgiu,

Deixado ao acaso dos genes,

Multiplicidade celular consequente,

Derivação criativa crescente.

 

O desenvolvimento da razão,

Tudo complica inexplicavelmente,

O pensamento amadurece,

A confusão permanece.

 

Crescimento incauto,

Improvável bloqueio,

Alma que sonha penada,

Coração triste que padece na encruzilhada.

 

Tantas diferenças,

O porquê não se conhece,

Desequilíbrio visual e estético,

Estranha forma de distribuição que aparece.

 

Uns maiores, outros mais pequenos,

Uns largos, outros estreitos,

Tronco esguio, pernas gigantes,

Pernas curtas, tronco farto, uns inesperados preceitos.

 

O esquecimento do corpo,

É forçado pela mente,

Quem de si não gosta,

Olvida o passado e o presente.

 

Esforço inglório, o da mudança,

Ser o que não se pode ser,

Deixar-se ir, esquecer a disciplina,

Doçaria salvadora que afasta a linha.

 

Imaculados e perfeitos corpos,

Sonho irreal de realidade ausente,

Rigidez e rotina estonteante,

Fluir na liberdade, ser o que se vai sendo, diferente.

Potencializar os Resultados com o Método DeROSE

A High Performance Events aposta no método DeROSE para a transformação positiva da vida das empresas. Promovem ainda cursos, uma mais-valia, para quem pretende obter uma maior realização pessoal e profissional.

A HIGH PERFORMANCE EVENTS TRABALHA COM O DEROSE METHOD, UMA METODOLOGIA DE ALTA PERFORMANCE PESSOAL E PROFIS-
SIONAL. EM QUE CONSISTE ESSE MÉTODO?

A nossa equipa, constituída por duas mulheres e um homem, provém da área do ensino da música e, devido à azáfama do nosso quotidiano, decidimos procurar algo que nos ajudasse a lidar com alguns obstáculos de caráter pessoal, social e profissional que iam surgindo.

ler mais em liderancanofeminino.org

Apps, Gaming e Data na Gestão de Pessoas

As práticas de gestão de Recursos Humanos e de gestão de pessoas desenvolvem-se em contextos onde ferramentas como gamification, data analytics e people management apps podem ser usadas para reforçar e gerir as competências das pessoas e da organização, avaliar políticas de recrutamento e seleção, retenção de talentos, compensação e benefícios, em suma, realizar toda a gestão relacionada com as pessoas.

O objetivo da gamification é elevar o envolvimento das pessoas que são enquadradas dentro do jogo, estabelecendo prémios, competições, conquistas, desafios, o que contribui para aumentar a motivação – esta é uma ferramenta de gestão de equipas por excelência, permitindo aumentar o desempenho dos colaboradores.

ler mais em www.rhonline.pt

«2019 Fortune Best Companies To Work For»

As empresas AbbVie, Cisco, Mars, Novo Nordisk e SAS Institute Software são as vencedoras nacionais de 2018 a serem reconhecidas, através das suas respetivas representantes, na lista «2019 Fortune Best Companies To Work For», apresentada pelo Great Place To Work USA, com base num estudo realizado por cerca de 4,3 milhões de colaboradores.

Todas estas empresas se caracterizam por ambiente de trabalho inclusivo, orgulho dos colaboradores nas suas conquistas, assim como pela criação de laços fortes com colegas e líderes, ao mesmo tempo que atingem os objetivos e as metas de negócio.

ler mais em www.human.pt

Challenge Accepted: Desafios de um Estagiário

Num contexto cada vez mais global, dinâmico e interativo, a transição do mundo académico para o mercado profissional é cada vez mais central na abordagem do início de carreiras, captação de talento e de exploração e desenvolvimento de competências. Esta passagem, muitas vezes, é desenhada no formato de estágio onde a pessoa é exposta a um contexto diferente, novo, cheio de estímulos, numrole-play que (agora) é a sério e as expectativas são reais. Mas, nesta etapa de novidades e constantes adaptações ao inesperado, para muitos encarada como desafiadora, para outros como aterradora, quais os principais desafios de um estagiário?

ler mais em lidermagazine.com.pt

A Explorar o Oceano profundo dos Açores

Bem abaixo da superfície, vale a pena reflectir sobre o impacte humano no mar.

À medida que as ondas golpeavam violentamente o casco, o vento percorria o convés do Santa Maria Manuela com um assobio ensurdecedor. O nervosismo no rosto do comandante aumentava ao ritmo dos solavancos da embarcação. No horizonte, o céu escurecia. Uma frente oceânica que prometia não dar tréguas aproximava-se velozmente, carregada de ira de Éolo e Neptuno. 

Navegando em contra-relógio, o veleiro octogenário com 67 metros de comprimento conseguiu abrigar-se a norte da ilha da montanha-mor de Portugal, colocando a salvo a sua carga preciosa. No interior, encontravam-se dezenas de investigadores oriundos de todo o mundo, acompanhados por toneladas de equipamentos científicos. Era uma força de elite preparada para a maior expedição ao mar dos Açores desde que há memória.

ler mais em nationalgeographic.sapo.pt

“Free Solo”. Quem são os Portugueses que também ganharam um Óscar?

Os portugueses e os Óscares andaram sempre de costas voltadas. A maior prova é o recorde — negativo — que detém: Portugal é o país que mais vezes submeteu títulos à nomeação de Melhor Filme Estrangeiro, sem alguma vez ter conquistado alguma. No total foram 35 títulos submetidos desde 1980, o último a serPeregrinação, de João Botelho, este ano. Mas na noite deste domingo esse afastamento foi atenuado. Não houve portugueses nomeados nem, muito menos, nenhum a subir a palco. Mas houve dois portugueses a participar na edição de um dos vencedores da estatueta mais prestigiada do cinema.

ler mais em observador.pt

Hey, You Looking at Me?

The renowned Spanish magician and magic theorist Juan Tamariz wrote in his classic book “The Five Points in Magic” that, to make an audience feel seen, a performer must extend “imaginary threads from [the performer’s] eyes to the spectators,” taking care to not break them during the performance. If a thread to one or more spectators should nevertheless break, the performer must “turn directly toward him or them and talk to the person or persons” until the threads are reconnected.  

read more in blogs.scientificamerican.com

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub