Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Esquina do Desencontro

Histórias de Desencontros Ficcionais (ou Não) na Esquina da Vida

A Esquina do Desencontro

Histórias de Desencontros Ficcionais (ou Não) na Esquina da Vida

A L’Oréal Portugal já Reborn com esta Iniciativa

A L’Oréal Portugal juntou-se à Arte Viral – uma cooperativa que dinamiza a arte no país – e à Sociedade Ponto Verde para lançar a Reborn – The Beauty in Recycled Art, uma iniciativa que desafia os jovens artistas a criar obras de arte com embalagens usadas e vazias da empresa de cosméticos.

ler mais em www.briefing.pt

When Your Heart Fails You

My heart is broken. But not the way you think I mean. It’s actually broken. Doctors call it heart failure, but since I’m not the type of person who likes to fail at anything, I’ll just say that it is broken. It’s permanent, though, and that’s the hardest thing for me to accept. My heart can no longer do the things it was born to do, and it never will again.

Back in September, I had a perfectly healthy heart. Nothing in the least bit wrong with it. No heart disease, no clogged arteries, not even high blood pressure. My heart was minding its own business, doing its job 24-7.

read more in www.nytimes.com

New iPhone Leak 'Confirms' Apple's Serious Problems

Following months of leaks, the iPhone 9 has emerged as Apple AAPL +1.69%’smost exciting new smartphone of 2018. Unfortunately, the world’s most acclaimed iPhone insider has now revealed it contains several significant shortcomings…  

In a detailed new report obtained by 9to5Mac, famously accurate analyst Ming-Chi Kuo has revealed the iPhone 9 (which I predict to simply be called ‘iPhone’) will actually amount to a lot less than the ‘affordable iPhone X’ hype many reports have claimed.

read more in www.forbes.com

Aves de Papel

O encanto do trilho despertou a curiosidade. Ventos altivos, falésias escarpadas, promontórios prometidos, cenários paradisíacos. O encontro dos viandantes caminheiros aventureiros dispensava introduções prolongadas. Todos sabiam ao que iam. O prazer de deambular pela natureza, testando as capacidades cognitivas, mas especialmente as físicas, desafia a nossa conexão mais primitiva com o mundo, relembrando que a sobrevivência básica, outrora, determinou a nossa mais simples existência. O início, depois de um breve enquadramento, definiu os líderes e os liderados. Ritmo forte, o corpo em movimento contínuo e extenuante, a cabeça focada no esforço e na paisagem deslumbrante. Assim, se segue imaginando os nossos antepassados à descoberta do litoral. Pouco se vê de fauna. A flora, no entanto, abunda. O longínquo horizonte desperta. O mar é imenso. A costa recortada olha para nós, lá longe. O ritmo apenas abranda nas duras subidas, de declive acentuado. O corpo pede descanso, mas a alma está feliz. Talvez, aqui e ali, se vislumbrem pequenas ou grandes aves. A imaginação assim o exige. Quem sabe, aves de papel, leves, livres, brancas. As gaivotas, de maior porte, enquadram-se neste perfil. O sonho acontece e o pequeno transforma-se em grande. São mesmo gaivotas, mas também no céu se avistam outras aves, bem mais pequenas. Que belo pensamento... Aves de papel. O sol toldou o nosso julgamento. O trilho percorrido, ao longo de mais de quinze eternizados quilómetros, aproxima-se do seu fim. As aves de papel também. De volta à realidade, os viandantes caminheiros aventureiros se despedem uns dos outros. Até uma próxima, de preferência, com mais aves de papel.

Arrábida Sem Carros: Verdade ou Consequência?

Há discussões que só se têm no verão. Todos as conhecemos e já todos as tivemos, numa ou noutra ocasião. Aqueles temas que ninguém se lembra durante o inverno, mas quando as temperaturas sobem, a memória volta e afinal aquele problema continua a existir. Na Arrábida, a polémica era sempre a mesma – o estacionamento selvagem na estrada de acesso às praias. E consequentemente, o trânsito congestionado que roubava várias horas aos banhistas. Este verão, pela primeira vez, a discussão foi outra.

ler mais em boacamaboamesa.expresso.sapo.pt

Pág. 1/17

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D