Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Esquina do Desencontro

Histórias de Desencontros Ficcionais (ou Não) na Esquina da Vida

Desperately Seeking Workers

20.06.18 | Cuca Margoux

In late May, a viral story neatly captured the zeitgeist. Michael Rotondo, a 30-year-old Syracuse-area man who refused to leave his parents’ home where he had lived for eight years without paying rent, sued his mom and dad after they tried to evict him. It was the proverbial entitled-millennial-refusing-to-grow-up story.

read more in www.strategy-business.com

Visões da Terra: Portugal

20.06.18 | Cuca Margoux

Vivendo isolados ou conectando-se lateralmente até formarem colónias com metros de comprimento, as salpas parecem ser uma das formas mais preliminares na cadeia evolutiva que conduziu aos vertebrados. 

Os pequenos feixes de nervos e gânglios nervosos são um dos primeiros exemplos de um primitivo sistema nervoso.

conhecer mais em nationalgeographic.sapo.pt

Portugueses Trabalham fora do Escritório mais de 2 dias por semana. E há Ganhos na Produtividade

20.06.18 | Cuca Margoux
55% dos portugueses trabalha mais de dois dias por semana fora do escritório da empresa e há ganhos na produtividade, satisfação no trabalho e na criatividade. A conclusão é do mais recente estudo do grupo IWG.

“Um número sem precedentes de empresas está agora a adotar um modelo de trabalho muito diferente” revela o estudo divulgado pelo grupo IWG, empresa de coworking. 55% dos portugueses trabalha 2,5 dias por semana fora do escritório, 11% trabalha fora do escritório da empresa cinco dias por semana e 25% desenvolve a sua atividade em espaços diferentes pelo menos uma vez por semana.

ler mais em inforh.pt

Academia Júnior da FCH-Católica

20.06.18 | Cuca Margoux

A Academia Júnior está de volta à Faculdade de Ciências Humanas (FCH) da Universidade Católica Portuguesa entre os dias dois e seis de julho, com um programa repleto de novidades. Destinada a alunos do nono ano ao décimo segundo, esta semana na universidade promete levar os jovens estudantes a descobrirem a sua vocação profissional.

conhecer mais em www.human.pt

What’s Holding Women in Medicine Back from Leadership

20.06.18 | Cuca Margoux

For over 25 years, women have made up at least 40% of U.S. medical students. This past year, more women than men were enrolled in U.S. medical schools. Yet overall women make up only 34% of physicians in the U.S., and gender parity is still not reflected in medical leadership. Women account for only 18% of hospital CEOs and16% of all deans and department chairs in the U.S.—positions that typically direct the mission and control the resources at medical centers.  Women are also in the minority when it comes to senior authorship (10%) and Editors-In-Chief (7%) at prestigious medical journals.

read more in hbr.org

5 Startups That Prove Tech Can Solve The World's Biggest Problems

20.06.18 | Cuca Margoux

Silicon Valley veteran Naveen Jain founded Viome in 2016. Viome's mission is to help people better understand which diet is best for their health. 

Although there are countless diets, advice on healthy nutrition is often conflicting. Viome changes that by analyzing the bacteria and chemicals contained in the gut. In this way, the company is able to suggest a tailored diet that is likely to lead to increased health. The science behind the method is relatively new, but, the company bases its technology on a range of academic studies .



Viome is currently available for $299 in the U.S., Canada & the United Kingdom. Customers receive access to a mobile app as well as an annual in-home test kit. The customer receives their test results and dietary advice in the mobile app.

read more in www.forbes.com

OMS já incluiu Vício em Videojogos na Lista de Perturbações Mentais

19.06.18 | Cuca Margoux

Adolescentes já não sabem o que é ter amigos no mundo real

A Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou esta segunda-feira que incluiu o "distúrbio do jogo" na lista de doenças que são classificadas como perturbações do foro mental. Para o psicoterapeuta infantil Nuno Sousa mais grave do que a "questão patológica é o tipo de relações humanas pobres que estes adolescentes estão a criar": deixaram de ter amigos com quem falam diretamente, discutem e fazem as pazes, para passarem a ter amigos virtuais.

ler mais em www.dn.pt