Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Esquina do Desencontro

Histórias de Desencontros Ficcionais (ou Não) na Esquina da Vida

A Esquina do Desencontro

Histórias de Desencontros Ficcionais (ou Não) na Esquina da Vida

Meninices dos Inocentes

Aprender a brincar,

Inocente descalvário,

Sonhos de infância ganhos,

Na esteira monumental da andança do promontório.

 

Andam à roda,

No carrossel girando,

Entoam a meninice,

Num estranho, mas doce canto.

 

Tudo é belo,

Tudo é simples,

Tudo é mágico,

Tudo se recria, esquecendo a provação do trágico.

 

As cores fantasiam,

As correrias espantam,

Energia demorada e infindável,

Num esconde esconde eterno e adorável.

 

Quem dera ali voltar,

À meninice dos inocentes,

Tempero exótico,

Exuberância nos feitiços dos crentes.

 

A vida aconchega,

Abraça com carinho,

Protege a infância,

Esconde o escuro e o medo de mansinho.

 

O terreiro dos avós,

O quintal dos pais,

O parque dos amigos,

E o quarto secreto das brincadeiras surreais.

 

Cair e levantar,

Cair, de novo, e resistir,

Choro feito pranto lavado,

Sorriso pronto retornado.

 

Momentos únicos,

Fases inesquecíveis,

Crescer é um desafio de solidão,

Num alvoroço de aventuras e surpresas de rebelião.

 

International Day of the Girl Child

There are 1.1 billion girls today, a powerful constituency for shaping a sustainable world that’s better for everyone. They are brimming with talent and creativity. But their dreams and potential are often thwarted by discrimination, violence and lack of equal opportunities. There are glaring gaps in data and knowledge about the specific needs and challenges that girls face.

What gets counted, gets done. The theme for this year’s International Day of the Girl Child, on 11 October, “Girls’ Progress = Goals’ Progress: A Global Girl Data Movement”, is a call for action for increased investment in collecting and analyzing girl-focused, girl-relevant and sex-disaggregated data. One year into the 2030 Agenda for Sustainable Development, improving data on girls and addressing the issues that are holding them back is critical for fulfilling the Sustainable Development Goals.

read more in www.unwomen.org

Women in Business - Breaking the Glass Ceiling

Historically, the cultural inheritance of business is only of male leadership, something that made sense in another time, when the cultural dynamics for women was different and far fewer were engaged in the business of business. But with Janet Yellen’s nomination to lead the Fed’s top job, business leaders and women’s groups alike started an unprecedented series of discussions on the incredibly overdue topic: women in business (unconventional roles). Although the majority of the world organisations may just finally be touching the tip of the iceberg of this crucial question in the development of gender equality, for many grassroots organisations, it is old news.

read more in www.peopleandmanagement.com

 

3 Ways to Improve Your Ability to Close

The hard-selling closing techniques of the past may be dead, but the need to ask for commitments from the client is not. Here are some powerful tools to help you ask for commitments that lead to the close without violating your client’s trust.

1. Know your outcome.

2. Use natural, honest language.

3. Ask for commitments after creating value.

by Paul Nolan, read more in salesandmarketing.com

Pão para Diabéticos

Embora não seja proibida a ingestão de pão pelas pessoas afetadas com diabetes, as quantidades têm de ser estritamente calculadas pelos médicos e dietistas. A razão é que o pão é uma importante fonte de hidratos de carbono e este nutriente é o que mais afeta a glicémia, já que quase 100% é convertido em açúcar (glicose).

As boas notícias para quem adora comer pão, mas não pode abusar, tais como os diabéticos, é que cientistas da Universidade Nacional de Singapura descobriram uma receita especial. Trata-se da adição de antocianina, um pigmento de uma planta, que ajuda a diminuir a velocidade da digestão e assim a controlar o nível de glicose no sangue.

ler mais em querosaber.com.pt/ciencia

A Invenção do Turismo

Dos egípcios que sulcavam o Nilo aos atuais veraneantes, os seres humanos sempre seguiram o impulso de viajar pelo mundo. Gostemos ou não, o turismo constitui um dos motores económicos e culturais da sociedade moderna.

Em 2014, Portugal recebeu mais de 16 milhões de turistas, um aumento de 12 por cento face ao ano anterior. Em 2015, registou 55,6 milhões de dormidas em estabelecimentos de alojamento turístico por parte de viajantes não-residentes (os quais representaram 66% das dormidas turísticas), segundo dados do Eurostat. À frente do ranking mundial, estão países como os Estados Unidos, França e Espanha. A indústria turística mundial cresce a um ritmo de 4 a 5% ao ano (6,7% em Portugal, em 2015), o que torna este negócio um dos grandes motores da economia global, mesmo se por vezes gera atritos entre os visitantes e os residentes, como se tem discutido muito a propósito de Lisboa.

Quem inventou este fenómeno social? Em que consiste? "O turismo é o conjunto de relações e fenómenos produzidos pela deslocação e permanência de pessoas fora do seu domicílio, não motivadas por uma atividade lucrativa." Foi a definição proposta, em 1942, por Walter Hunziker e Kurt Krapf, fundadores do pioneiro Instituto de Turismo da Universidade de St. Gallen (Suíça). Hoje, obviamente, é muito lucrativo para quem organiza essas deslocações e permanências.

ler mais em www.superinteressante.pt

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub