Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Esquina do Desencontro

Histórias de Desencontros Ficcionais (ou Não) na Esquina da Vida

A Esquina do Desencontro

Histórias de Desencontros Ficcionais (ou Não) na Esquina da Vida

Aeroportos, Táxis, Uber, Cabify e Afins

Segmentação de Mercado, Posicionamento e Contexto Legal. Os negócios mundanos são conduzidos, diariamente, partindo de referenciais estratégicos indicativos e quantificáveis, aparentemente simplistas como estes. A análise aprofundada de cada item revela, no entanto, uma complexidade assoberbada, consequência da conjugação imprevisível de factores críticos de insucesso que determinam o encadeamento negativo ou não, dos resultados consequenciais fundamentados em análises pragmaticamente inconclusivas, muito pouco fiáveis e, até mesmo, irrelevantes e irreverentes. Assim, se consubstanciarmos, transpondo para a realidade factual do sector representativo da convulsão confusa actuarial actual, este trio efectivamente gerível, que não se atropela e, antes, se complementa, compreende-se que as hostes estão iradas desnecessariamente. As diferenciações básicas e primitivas são concretas entre segmentos e a criação de ofertas para nichos precisos, reflectem a expansão mercantil natural e a abertura pacifista a alternativas passíveis de existência concertada, atendendo ao facto do mercado comportar justificadamente as variações e flutuações inovadoras em potenciais novas áreas de crescimento, num posicionamento focalizado e direccionado consensual e aceitável. A contextualização legal carece de explicação mais precisa e minuciosa, tendo em conta a transparência menos conseguida e clarificada dos enredos subsequenciais expectáveis e, por vezes, menos entendíveis, que acabam por gangrenar, infantilmente, o positivismo das implementações missionárias e necessárias. Os direitos são fundamentais, mas são de todos e para todos. Assim, quando, ao exercer um direito meu, afecto a liberdade e o direito de outro ou outrem, infere-se uma penalização escusada que desmistificada, embate na falha existencial da não empatização positivista, bem como da irresponsabilidade social e civilizacional para com o outro ou outrem, descambando na insustentabilidade de todo um sistema ecossistémico relacional, de relações já de si frágeis, difíceis e contundentes, que promove e motiva agitação contraproducente, manifestamente contrária ao resultado indiscutível desejável e passível de atingimento efectivo positivo, para todos os quadrantes envolvidos. Comunique-se interna e externamente a razoabilidade dos abrangidos e propague-se a ponderação e o bom senso equitativo, funcional, regrado e justo, disseminando uma articulação contígua mais eficaz e eficiente, a bem da felicidade na mobilidade pública nacional, regional e local. E felicidade é incentivo à produtividade e mais, maior e melhor produtividade resulta numa economia mais saudável e equilibrada e com maior potencial dinâmico de crescimento, logo, traduz-se em muito provável criação de riqueza, logo, é bom para todos.

Grande Rota Caminho do Atlântico Oeste

A grande rota Caminho do Atlântico - Rede Natura do Oeste, encontra-se inserida na Grande Rota Europeia E9 que se inicia em S. Petersburgo na Rússia e finalizará no Cabo S. Vicente. Sendo uma rota linear, pode ser realizado de Sul para Norte, com início na Praia da Assenta em Torres Vedras, ou de Norte para Sul, com início no Cabo Carvoeiro, em Peniche. Percorrendo toda a costa do município de Torres Vedras, esta Rota estende-se para a Lourinhã, atravessando igualmente este município até chegar a Peniche, onde, com vista para o arquipélago das Berlengas, termina junto ao Farol do Cabo Carvoeiro.

ler mais em www.walkingportugal.com

Certificações e Qualidade

Declaração formal que atesta a credibilidade, a certificação tem vindo a ganhar terreno no mercado como forma de assegurar a qualidade e idoneidade de produtos, sistemas e organizações.

O aumento do número de empresas certificadas em Portugal e no Mundo tem vindo a demonstrar que a certificação é cada vez mais encarada como um objectivo estratégico. As razões que podem justificar esta aposta dos gestores são o aumento da quota de mercado, a maior competitividade ou melhoria da imagem organizacional da empresa certificada.

ler mais em hrportugal.pt

This Is What Your Desk Should Look Like Based on Your Personality Type

The Myers-Briggs personality test can provide powerful insights into your working method and productivity levels (if you haven’t already taken it, you can take a mock version here). For example, I’m an INFP, which means I do best when I tackle a project solo, and work that makes me feel passionate is when I’m at my most prolific.

Personality also comes heavily into play when you design your ideal workstation, too. Different mindsets need different decor and organizational systems to be at their happiest and most productive. These tips will help you create a work area that suits your mental approach, whether you’re an executive (aka ENTJ) or a mechanic (ISTP).

by Erin Vaughan, read more in www.success.com/article

Where Are the Women?

For the fourth straight year, Harvard Business Review presents its list of the world’s 100 best-performing CEOs. And for the fourth straight year, there is a dispiriting absence of women.

Our goal with the list is to measure CEOs on their long-term performance. Our formula looks at adjusted total shareholder return and increase in market capitalization over a chief executive’s entire tenure. We also factor in two separate ratings of corporate ESG (environmental, social, and governance) performance, to ensure that we’re evaluating executives on more than just their companies’ share price.

read more in hbr.org/2016

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub