Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Esquina do Desencontro

Histórias de Desencontros Ficcionais (ou Não) na Esquina da Vida

A Esquina do Desencontro

Histórias de Desencontros Ficcionais (ou Não) na Esquina da Vida

Stacey Kent

E porque o Verão também se faz de música em contínuo, ontem, foi a vez de Stacey Kent nos deliciar os sentidos com a doçura terna da sua voz melodiosa, cheia de nostalgia. Um aplauso bem forte, muito sentido, para a enérgica e estreante Marta Ren e a sua banda, que fizeram a abertura do concerto, apresentando o albúm “Stop, Look, Listen”. Apesar do público, inicialmente, se mostrar contido relativamente à exuberância das movimentações em palco, rapidamente se deixou conquistar pelos sons e ritmos contagiantes da portuense e dos Groovelvets. Foi uma agradável e refrescante surpresa e o início da noite animava-se assim, prometendo um concerto auspicioso. E tal aconteceu, mas num ritmo mais moderado de expectável acalmia musical, compatível com os encantos musicais da americana de voz melosa e doce. Uma vez mais, o vento foi constante companheiro de viagem, fazendo as árvores dançar e envolvendo-nos copiosamente no belo jardim que servia de palco ao espectáculo, criando assim um cenário idílico e algo místico. Muitas influências brasileiras e tributos a Vinicius e Tom Jobim encheram a noite, que nos foi abraçando com as notas musicais sublimes e sedutoras que se iam soltando harmoniosamente da sonoridade singular do sweet soul jazz feito em palco. O público rendeu-se aos encantamentos e feitiços da música da cantora e deixou-se levar na soft wave que premiava o romantismo e a envolvência das toadas pacificadoras que ecoavam na brisa perfumada. A beleza da articulação vocal cantada era interrompida, apenas, por tiradas de prosa, em português abrasileirado, que iam introduzindo as musicalidades e contando pequenas histórias. Nota ainda para o fabuloso solo do baterista, numa sequência quase tribal de ritmos puros e primitivos sambistas que mereceu uma ovação extraordinária e para as canções em francês, numa subtil e singela homenagem a um povo que está, neste momento, a sangrar tristemente. Um serão bem passado, com muito boa música e muita emoção. Recomenda-se.

Sexism at Work - Have Things Really Changed?

‘Everyday sexism’  – from offhand comments to outright discrimination – undermines all our good intentions on gender diversity. Will it ever end?

Keep her where she belongs,” reads the advert, above an image of a sultry, barely clothed model. This, in 70s ad-land, was considered an appropriate way to sell men shoes for the office. Today, its appearance would probably break Twitter in a matter of seconds.

While marketers are, usually, more sensible nowadays, has the workplace really changed so much? The Equality Act 2010 – which makes it unlawful for an employer to discriminate against employees on the grounds of gender – and high-profile campaigns for employers to improve pay, progression and promotion for women may give the impression that the glass ceiling is the last great barrier to female emancipation at work. But the spectre of ‘everyday’ or ‘casual’ sexism in the workplace, far from being banished, is rife and seemingly on the rise.

read more in www.cipd.co.uk

10 Principles of Organizational DNA

  1. There are only a few organizational personality types.
  2. Companies are mosaics of personalities.
  3. Weak execution is prevalent.
  4. Strong execution is not self-sustaining.
  5. Performance is based on interdependent factors.
  6. The org chart isn’t the solution.
  7. Intangibles matter.
  8. Decision rights and information flows deliver.
  9. Informal factors change when you focus on what works.
  10. High performance can’t be isolated.

read more in www.strategy-business.com

Cachão da Rapa - Carrazeda de Ansiães

O Cachão da Rapa é, indubitavelmente, um dos mais importantes sítios da pintura rupestre pré-histórica portuguesa. As pinturas organizam-se na planura lisa e vertical de um painel granítico com mais de 4 metros de altura. Nesta superfície ordena-se uma sequência de motivos esquemáticos com uma predominância de formas geométricas retangulares e quadrangulares expressas em tons de vermelho ocre e azul-escuro quase negro. A inspiração geometrizante dos autores de tal manifestação, confere ao conjunto artístico uma peculiaridade única na pintura pré-histórica do território português.

ler mais em www.cm-carrazedadeansiaes.pt

Castelo e Cidadela de Bragança

O castelo e antiga cidadela (a "vila”) de Bragança localizam-se numa elevação sobranceira à margem esquerda do rio Fervença, dominado a cidade, que desde cedo se expandiu para Oeste.

O castelo e cerca de Bragança encontra-se classificado como Monumento Nacional pelo decreto de 16.06.1910, sendo propriedade do Estado, afecto à Direcção Regional da Cultura do Norte. 

ler mais em www.culturanorte.pt

Museu Ibérico da Máscara e do Traje

Integrado no projecto “Máscaras”, o Museu Ibérico da Máscara e do Traje tem como base uma parceria de cooperação transfronteiriça entre o Município de Bragança e a Deputación de Zamora, sendo, por isso, apoiado pela União Europeia através dos fundos INTERREG.

Dele fazem parte trajes e máscaras característicos de determinadas Festas de Inverno e Carnaval de Trás-os-Montes, Lazarim e distrito de Zamora, permitindo ao visitante contactar, em qualquer altura do ano, com uma multiplicidade de festas, personagens e rituais, elementos únicos da nossa cultura.

ler mais em museudamascara.cm-braganca.pt

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub