Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Esquina do Desencontro

Histórias de Desencontros Ficcionais (ou Não) na Esquina da Vida

A Esquina do Desencontro

Histórias de Desencontros Ficcionais (ou Não) na Esquina da Vida

Os Dias Tristes

Hoje, é um dia triste. Mais um. É que, cada vez mais, infelizmente, os há, com uma frequência que nos faz pensar seriamente no nosso propósito comum, enquanto espécie humana. Mas o que é que andamos Todos aqui a fazer? É sempre bom relembrar que, um pouco por todo o mundo estão, neste preciso momento, a morrer milhares de seres humanos inocentes, cuja única culpa é estarem no sítio errado, à hora errada, na cidade errada, no país errado ou serem apanhados entre guerras milenares que opõe raças, credos, etnias e minorias ou, simplesmente, serem o escudo de batalhas políticas que anseiam pela conquista de poder desenfreado, bélico ou não, e que procuram a qualquer preço concentrar e controlar monopolisticamente os recursos naturais, militares, económicos e financeiros do planeta. Enquanto espécie, limitamo-nos a absorver as imagens, ter compaixão momentânea por quem está a sofrer e assistimos impotentes aos dramas existenciais dos outros. A distância ajuda a esquecer. E queremos esquecer, porque o sofrimento atroz não faz parte da nossa rotina quotidiana. E não queremos acreditar que seres humanos cometam atrocidades tão brutais contra outros seres humanos. Isso quebra toda a lógica existencial e racional que move as interacções sociais humanas. E choramos. E seguimos em frente, porque, na realidade, naquele momento, nada podemos fazer para apaziguar o sofrimento dos outros. Pelo menos, dos que estão longe. Somos passivos perante estes cenários surreais e desenquadrados da nossa realidade, porque queremos recusar a possibilidade sequer da sua existência. É tentador crer que há esperança numa solução comum e feliz. É tentador crer que, um dia, talvez estejamos todos mais unidos. É tentador crer que, um dia, teremos visões e objectivos mais consensuais e que o futuro será, talvez, quem sabe, um pouco melhor e menos sangrento.

Mount Kilimanjaro National Park

Kilimanjaro. The name itself is a mystery wreathed in clouds. It might mean Mountain of Light, Mountain of Greatness or Mountain of Caravans. Or it might not. The local people, the Wachagga, don't even have a name for the whole massif, only Kipoo (now known as Kibo) for the familiar snowy peak that stands imperious, overseer of the continent, the summit of Africa.

Kilimanjaro, by any name, is a metaphor for the compelling beauty of East Africa. When you see it, you understand why. Not only is this the highest peak on the African continent; it is also the tallest free-standing mountain in the world, rising in breathtaking isolation from the surrounding coastal scrubland – elevation around 900 metres – to an imperious 5,895 metres (19,336 feet).

Kilimanjaro is one of the world's most accessible high summits, a beacon for visitors from around the world. Most climbers reach the crater rim with little more than a walking stick, proper clothing and determination. And those who reach Uhuru Point, the actual summit, or Gillman's Point on the lip of the crater, will have earned their climbing certificates.
And their memories.

read more in www.tanzaniaparks.com

Credibility First - Business Transformation

Three steps can give executives a greater chance at success. To build a transformation that people will enthusiastically support, leaders should (1) identify and understand personal values; (2) align those values with the transformational goals; and (3) identify actions to model those values to the organization. We call this a “credibility first” transformation.

by Augusto Giacoman, read more in www.strategy-business.com

Casa de Palha Restaurante - São Jorge - Madeira

O restaurante Casa de Palha, localizado atrás da igreja de São Jorge, em Santana, é uma casa típica de São Jorge em madeira e colmo. Este restaurante de decoração rústica proporciona um ambiente acolhedor e privado. Especializa-se em cozinha caseira madeirense composta de carne e peixe acompanhados com legumes frescos, cultivados localmente. Além disso, há um pequeno bar ideal para aqueles que procuram uma bebida num ambiente mais relaxado.

ler mais em www.madeira-restaurants.com e pt-pt.facebook.com/CasaDePalha.Madeira

Igreja Matriz de São Jorge - Madeira

A Igreja Matriz de São Jorge, edificada no século XVII, apresenta-se como a maior igreja de estilo barroco da Região Autónoma da Madeira.

Construída em 1761, a Igreja Matriz de São Jorge é considerada o ex-libris do património edificado do concelho de Santana.

ler mais em www.visitmadeira.pt

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub