Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Esquina do Desencontro

Histórias de Desencontros Ficcionais (ou Não) na Esquina da Vida

A Esquina do Desencontro

Histórias de Desencontros Ficcionais (ou Não) na Esquina da Vida

Os Quadros da Vida

Destemidos artistas improvisadamente inspirados naquele dom que pasma e transpõe o humanamente transcendente, retratam o seu mundo num cenário minimalista restrito que, os comuns mortais, apenas vislumbram difusamente num laivo de névoa mística e distante. Traçam a vida, traçam os tempos, pintam vaidades, esboçam sorrisos, retratam paisagens, pavoneiam as almas e descobrem os corpos. Aquela dança ousada na tela e o rabiscar de sonhos nos recantos esquadrinhados, por prazenteiros historiais sequiosos de cândidos revezes, apadrinhados pela iluminura extemporânea dos espaços combinados, reverte na beleza estética de uma apreciação singular e por demais personalizada, interpretada de modo excepcional por cada mente criadora desconstruidora que visualiza, padronizando de acordo com o seu referencial, o seu mundo interior, subconsciente. Assim, nascem e se criam os quadros da vida. Os quadros que captam cada momento, que cadenciam cada movimento, que determinam cada estado de alma, que fazem sonhar ou odiar, até o mais improvável asno ignorante. São parceiros discricionários que envolvem e fomentam os estigmas passados e aquecem as variantes difusas dos assincrónicos patamares instáveis do ser extrapolador. As pontas finas na tela da vida, as trinchas nos quadros do mundo. As cores voláteis e mutáveis no espectro imortal, as dinâmicas e os estilos individualizados, as ondulações lineares da criação e da escola temática da pintura contemporânea, ou não, deliciam e seduzem os sentidos. A origem da arte ancestral, pintada nas telas e reproduzida nos quadros, mantém a chama freudal acesa nos neurónios ainda meninos que despertam, agora, para a cultura, para o conhecimento e para a sabedoria da utopia da imortalidade da mente.

Escola de Escalada de Penha Garcia

Penha Garcia é uma pequena freguesia de Idanha-a-Nova, que nos faz viajar no tempo com as suas casas cuidadas, pequenos pátios , ruelas estreitas e becos, de onde se pode subir até ao seu castelo. Do alto avista-se o deslumbrante vale encaixado por onde passa o Rio Pônsul, com os seus moinhos tradicionais, caminhos à beira do ribeiro, pequenas pontes de madeira, piscinas naturais e local onde encontramos as vias de escalada. Este local é perfeito para quem se está a iniciar na Escalada ou para pessoas que já pratiquem esta modalidade, que queiram conhecer um novo local e apreciar o ambiente circundante. Com um total de 40 vias, com alturas entre os 8 e os 45 metros, este local possui muitas vias acessíveis (entre o III e o V grau). A rocha é um tipo de quartzito com abundantes fissuras e pequenas regletes.

in www.lifeoutside.pt

Fenda da Calcedónia - Gerês

PR1 - Cidade da Calcedónia

Um dos principais pontos de interesse deste trilho é o penedo da Calcedónia, muito conhecido pela grande fenda que o atravessa de um lado ao outro levando-nos ao seu topo.  
Poucos sabem, contudo, que junto dele se abrigava uma povoação da Idade do Ferro, mais tarde ocupada pelos romanos. Existem ainda alguns vestígios da muralha do castro e, mais raramente, encontram-se fragmentos de cerâmica dessa época. Foram também encontrados alguns fragmentos de telha que nos indicam a presença dos romanos.
visit www.icnf.pt

Fraga da Pena - Arganil

A Fraga da Pena, em plena Paisagem Protegida da Serra do Açor, corresponde a um acidente geológico atravessado pela Barroca de Degraínhos, originando um conjunto de quedas de água sucessivas.

A queda de água tem uma altura de 19 metros.

visit aldeiasdoxisto.pt

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub