Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Esquina do Desencontro

Histórias de Desencontros Ficcionais (ou Não) na Esquina da Vida

A Esquina do Desencontro

Histórias de Desencontros Ficcionais (ou Não) na Esquina da Vida

Voltar a Perdoar

As vezes feitas traição, ajustam as dores do coração. O amor perdoa a carne, mas a razão julga a emoção. Numa qualquer disputa oposta, os extremos se complementam e definem. Saber ceder e ousar esquecer. Saber fechar a dor e esperar por novo amor. Uma vez alcançado o estado divino da abstracção e da neutralidade perante comportamentos e atitudes desviadas, a humanidade, de novo retorna e o mundo começa a recompor-se da descompostura em que velejava. O desnorte é esquecido e o rumo regressa quase incólume, numa promessa de futuro conseguido, alcançável. Uma verdade perdida por momentos ténues. O ciclo fecha e logo é retomado. A volta do perdão é contínua e nunca termina. Passa um, dois, três estranhos conhecidos, que na verdade nunca se conheceu, ou antes, se pensava conhecer, e tudo subsiste. O perdão fica. A capacidade de perdoar e seguir em frente. De esquecer o amor que magoou e perseguir o sonho da felicidade eternamente boa e bela. E, por isso, voltar a perdoar co-habita com a tristeza da separação e da solidão, mas faz-se. E a tranquilidade, passado algum tempo, muito tempo, se abate sobre quem perdoou e amou e perdeu. Quem amou e perdeu espera reerguer-se, reencontrar-se e sobreviver. Amar um dia, mais uma vez, talvez.

Barragens EDP têm Arte

Rui Chafes, José Pedro Croft e Vhils foram os artistas convidados pela EDP a intervir nas barragens de Foz Tua, Baixo Sabor e Caniçada. Estes trabalhos inserem-se no Roteiro de Arte em Barragens, um lançado pela marca em 2006.

ler mais em www.briefing.pt

A Prática de Teambuilding em Ambiente Outdoor

Já aqui o dissemos e reiteramos! Vivemos tempos paradoxais em muitos aspetos. Em particular, vivemos um aparente paradoxo que afeta muitas esferas da nossa vida: normalização versus personalização. De facto, estamos inseridos numa sociedade onde existe uma aparente contradição entre soluções funcionalmente normalizadas e o crescente culto do “EU”, do indivíduo como ser único e da individualização e personalização de soluções.

ler mais em www.rhonline.pt

O Valor das Academias Corporativas

Nos últimos anos temos assistido ao crescimento no nosso país das academias corporativas. Na base deste processo está o reconhecimento da gestão de topo do valor do conhecimento para a concretização da visão, a execução da estratégia e a realização de outras atividades, mesmo ao nível operacional.

ler mais em www.human.pt

Como será o Futuro do Trabalho?

No início da quarta revolução industrial, a Humanidade pode estar à porta de um futuro que começou a ser imaginado no cinema há quase cem anos, com Metropolis de Fritz Lang (1927), e mais recentemente com Blade Runner (1987, 2017), numa adaptação da ficção de…

ler mais em lidermagazine.com.pt

Familiares e Amigos: Contratar ou Não?

Filipa Muñoz de Oliveira, fundadora e CEO da Wiñk, e Sofia Mendoça, diretora de Recursos Humanos da McDonald's Portugal, falaram-nos dos prós, contras e das boas práticas de contratar alguém com quem se tem uma relação próxima.

ler mais em executiva.pt

Verão traz mais Emprego a Portugal

Os próximos meses de julho, agosto e setembro serão de férias para alguns portugueses, mas de procura de emprego para outros e, considerando que 18% das empresas portuguesas preveem um aumento nas contratações no terceiro trimestre do ano, haverá ofertas de trabalho, sobretudo no setor da restauração e hotelaria. Apenas 3% das empresas antecipam uma redução. A projeção para a criação líquida de emprego situa-se nos 15%, de acordo com o ManpowerGroup Employment Outlook Survey, um estudo realizado pela ManpowerGroup, que revela que o valor previsto é o mais alto desde que o estudo foi lançado em Portugal, no terceiro trimestre de 2016.

ler mais em inforh.pt

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D