Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Esquina do Desencontro

Histórias de Desencontros Ficcionais (ou Não) na Esquina da Vida

A Esquina do Desencontro

Histórias de Desencontros Ficcionais (ou Não) na Esquina da Vida

Dilma e o Excêntrico Ferro e Fogo da Política Brasileira

Parece por demais caricata, até para desinteressados ou leigos nas políticas (ou politiquices) contemporâneas, que cansam e maçam sobremaneira com a falta de originalidade patente nos discursos repetitivos, redundantes e contundentes, a vicissitude sui generis da política brasileira. É, por isso, alarmantemente gritante a irracionalidade extravasada e consequente da ambiência vivenciada no senado, a qual ditou mesmo a destituição da Presidenta. Continuamos a experimentar fórmulas, assustadoramente descontroladas, de poderio desenfreado potenciado por um conjunto intocável de quintinhas guerreiras ninja, lideradas pelo prolixo e pleonástico domínio corruptivo, que teimam em desmantelar a sequencialidade das votações, que se exercem em liberdade, pelo gentio emancipado. Pasme-se, assim, com o caminho percorrido por um país em suposto e demasiado expectável crescimento intelectual, social, económico e financeiro. Pena é que assim aconteça, porque o seu potencial e o potencial do seu povo é riquíssimo e extraordinário. Os avanços e retrocessos políticos experimentados, denotam assim e ainda, uma aparente imaturidade infantil de quem quer governar acima de tudo e todos, para fazer damage control às barbaridades explícitas, desmesuradas, desregradas e públicas, cometidas no passado. Aprender uma lição, qualquer que seja que daqui advenha, é sempre o intuito primário de tudo aquilo que testamos diariamente, nas nossas insignificantes e tão frágeis vidinhas temporárias, no entanto, espera-se sempre, com muita expectativa e ansiedade, que o processo seja o menos penoso e traumático possível. Pois bem, esta lição dos nossos irmãos vai custar caro num futuro bem próximo, quer-me parecer, mas como não sou entendida na matéria, nunca compreenderei verdadeiramente este excêntrico ferro e fogo da política brasileira, que persiste e prevalece inflamado e muito esquentado. Por demais.

Alandroal

Um riquíssimo património histórico e uma deslumbrante paisagem natural são duas características deste Concelho, profundamente marcado pelo Rio Guadiana e por magníficas construções do passado, como os Castelos de Alandroal e de Terena e a Fortaleza de Juromenha. Particular destaque merece igualmente o Santuário da Boa Nova, um templo fortaleza construído em meados do século XIV que constitui um magnífico exemplo de arquitectura medieval, muito raro no nosso País.

ler mais em www.cm-alandroal.pt

10 Livros Sobre Viagens

  • Bruce Chatwin, Na Patagónia [Quetzal]
  • Robert Byron, A Estrada para Oxiana [Tinta da China]
  • Paul Theroux, O Velho Expresso da Patagónia [Quetzal]
  • Geoff Dyer, Yoga para Pessoas que não Estão para fazer Yoga [Quetzal]
  • Bill Bryson, Por aqui e por ali [Bertrand]
  • Jack Kerouac, Os Vagabundos do Dharma [Relógio d’Água]
  • Paul Theroux, Comboio-Fantasma Para o Oriente [Quetzal]
  • Paul Bowles, Viagens [Quetzal]
  • John Steinbeck, Viagens com o Charley [Livros do Brasil]
  • Agatha Christie, Na Síria [Tinta da China]

ler mais em ler.blogs.sapo.pt

Planeta Próxima b

Tudo indica que a estrela mais próxima do sistema solar tem um planeta com condições para albergar vida. Nas próximas décadas, o planeta Próxima b será um objecto aliciante para a astronomia.

ler mais em www.publico.pt/ciencia

A Zero-Waste Lesson from the Serengeti

Lessons about a highly efficient future of zero waste often come from the most advanced facilities in the most developed economies in the world: factories that produce goods without sending truckloads of junk to landfills; urban buildings thatproduce as much energy as they consume; school cafeterias that minimize food waste.

by Daniel Gross, read more in www.strategy-business.com

O Salto Doutoral

As feições, ao vento vespertino, denunciavam felicidade. Os olhos operaram a sua magia discreta, fecharam-se e transportaram-na para um passado recente ambíguo. A porta principal abriu-se a seus pés, deixando entrar a esperança afunilada, num pedaço de alma cadente que ambiciona por muito e mais. As salas a abarrotarem de conhecimento extravasado, saber doutrinal, teorias e práticas casuísticas, animicamente, impressionavam-na. Condescendia e tolerava a instrumentalização aplicada, mas operava colateralmente as iniciativas transfiguradas das metodologias equiparadas racionalmente. Racionalizar o intricado processo académico, carecia de aprovação mental dualizada na sua luta interior entre o socialmente irrepreensível e o moralmente atabalhoado. Os estudos prosseguiram incólumes e atulhados de peripécias atribuladas, mas sempre refrescantes e retemperadoras dos sentidos e da sua provocação. O tempo passou. Muito tempo encafuada nas bibliotecas da vida e no quarto da alma estudantil. O fim aproximava-se e o árduo trabalho desenvolvido daria, agora, frutos, expectavelmente. Configurados todos os padrões viáveis de work-flow academial, o sucesso estava, necessariamente, assegurado na base primordial dos estudos rematados. O salto doutoral acercava-se, por fim. O vislumbre, ainda ténue, permitia-lhe o sonho. A concretização consolidada realizou-se. Estampados nas feições ao vento vespertino, que agora despertava os olhos, estava o sorriso da alma e a conquista do muro aparentemente intransponível que foi, merecidamente, subjugado e dominado. Glória às capacidades intelectuais, glória ao conhecimento adquirido, glória aos ensaios, glória ao saber fazer. O salto doutoral fora dado.

Mulheres de Sucesso - 12 Características

  1. São completamente apaixonadas pelo que fazem
  2. Não esperam perfeição, nem de si próprias, nem de quem as rodeia
  3. Muitas vezes, tornam-se chefes
  4. Casam-se bem, ou então não casam
  5. Acreditam que vão ser bem sucedidas
  6. Não têm medo de assumir riscos
  7. Sabem que o fracasso anda de mãos dadas com o sucesso
  8. Valorizam o exercício físico
  9. Sabem que a “to-do” list nunca está completa, e nunca vai estar
  10. Reservam tempo para si próprias
  11. Sabem cultivar relações genuínas, e mantê-las fortes
  12. Mostram gratidão para com quem as rodeia

ler mais em hrportugal.pt

Reserva Natural do Paul de Arzila - Baixo Mondego

A classificação à Reserva Natural do Paul de Arzila (RNPA), deve-se, especialmente, à sua importância ornitológica, sendo: zona de passagem outonal para aves migradoras transarianas; área de alimentação e repouso para várias espécies, abrigo de espécies nidificantes estritamente paludícolas e local de invernada de espécies paleárticas.

ler mais em www.icnf.pt

Pág. 1/15

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D